3:11 pm - quarta-feira novembro 24, 1965

Educação em luto: professor de Amarante morre no Hospital Itacor, em Teresina, vítima de AVC

Edição e postagem: Denison Duarte, em 21-03-2016 22:31 | Última modificação: 22-03-2016 13:28
Hospital de Olhos

Professor Julinho – A Educação em Amarante está em luto com a morte do professor Júlio da Cruz Santos Filho, 52, ocorrida na noite desta segunda-feira (21) no Hospital ITACOR, em Teresina.

Formado em Educação Física e professor contratado pelo Estado do Piauí, Julinho, como era conhecido, foi vítima de um forte Acidente Vascular Cerebral (AVC) na última sexta-feira (18), quando foi encaminhado para o hospital onde ficou internado, vindo a óbito por volta das 21h.

Familiares o acompanhavam desde que ele foi acometido pelo AVC em sua residência, no município de Amarante. O clima entre os moradores e profissionais em Educação é de tristeza e dor.

Mensagens de internautas ao professor Julinho

“Julinho, um grande pai. Vai fazer muita falta a todos nós”, afirmou o historiador e amigo da vítima, Ronaldo Moura.

“A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. O vazio deixado pela ausência sua, professor Julinho, é imensurável. Nessa hora não há palavras que possam ser ditas para confortar os corações dos familiares. Deus no comando”, lamenta a professora de História Euzeni Dantas.

“Não tenho o que falar num momento desse, só lamentar essa perda irreparável! Quem o conhecia, sabe do cidadão exemplar e de poucas palavras que ele era. Mas é a vida”, afirmou entristecido o amigo da família, Sapatinho Dantas.

Júlio da Cruz era professor nas escolas Eduardo Ferreira e no colégio Da Costa e Silva, além de ter atuado como coordenador pedagógico em Amarante pela Rede Estadual de Ensino. Ele deixa a esposa Sílvia e três filhos.

De acordo com informações de amigos e conhecidos da família, o corpo será velado e sepultado em Amarante nesta terça-feira (22).

Edição e postagem: Somos Notícia / Denison Duarte

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE