AMARANTE

inundações na bahia

Famílias sofrem com alagamentos, inundações e diversos prejuízos na Bahia; são mais de 300 mil pessoas afetadas

Publicado em

Brasil

Foto: GRAER-PMBA/DIVULGAÇÃO

Chuvas fortes e inundações na Bahia – A Bahia teve um Natal de muitas chuvas, que provocaram estragos em todo o estado, afetando quase todas as regiões com fortes inundações. Segundo informações, já são mais de 300 mil pessoas atingidas pelos temporais. Em Salvador, as chuvas também causaram transtornos diversos.

A Avenida Vasco da Gama, em Salvador, ficou alagada com as fortes chuvas desse sábado. Situação ainda pior é para quem mora nas proximidades da avenida Gal Costa. Uma casa na rua J. Silvestre foi invadida pela água. Quando a água baixou, restaram apenas a lama e os prejuízos. “Perdi tudo: cama, geladeira. Foi o pior Natal que passei em toda a minha vida”, disse uma dona da casa, que não teve o nome informado.

A Defesa Civil de Salvador informou que o acumulado de chuvas desde o início do mês já é de 326 mm, o que significa que choveu cinco vezes mais que o volume esperado para todo o mês de dezembro na cidade.

Os bairros mais atingidos foram Fazenda Grande do Retiro, Bom Juá, IAPI e Santa Luzia. O meteorologista da Codesal, Giuliano Carlos, informou que as chuvas são causadas pelas zonas de convergência do atlântico sul, afetando todo o estado. “Isto faz com que haja o aumente o nível de risco dessas áreas”, disse ele.

Leia Também:  Eduardo Campos morre em acidente aéreo em SP

Em Feira de Santana, ruas ficaram alagadas e moradores tiveram muito trabalho para retirar a água de dentro das casas. A prefeitura decretou situação de emergência na cidade. No Sul do estado, Itororó foi uma das cidades mais afetadas pelas chuvas. O rio transbordou, ruas ficaram alagadas e os moradores precisaram de canoas para se locomover na noite de Natal. Muitas casas foram invadidas pela água. Na cidade, o número de desabrigados chegou a 200.

No município de Ibicuí, o rio desceu com muita força que impressionou os moradores. Os bombeiros tiveram que usar botes salva-vidas para resgatar quem não conseguiu deixar suas casas. A prefeitura informou que a chuva chegou a afetar mais de 2000 pessoas.

Em Buerarema, ainda na região Sul, moradores que tentaram deixar suas casas tiveram que caminhar com água à altura do peito.

Em Floresta Azul, o rio transbordou impedindo os acessos à cidade, situação idêntica registrada no município de Itapitanga onde o rio Pontal do Sul invadiu um trecho da rodovia BA-651, que ficou bloqueada. O rio subiu 10 metros, e a prefeitura decretou estado de calamidade.

Já em Coaraci, as ruas ficaram semelhantes a rios com forte correnteza. Em Dário Meira, a ponte ficou coberta pelo rio, que alagou as ruas e inundou imóveis. Parte do asfalto cedeu na BA-245, próximo a Itaetê. A rodovia é um dos principais acessos à chapada para quem sai de Salvador. A cidade de Itapetinga teve ruas completamente alagadas com as fortes chuvas. O rio transbordou e invadiu as casas. Na cidade de Poções, um açude que fica na zona urbana corre o risco de romper.

Leia Também:  Idoso mantido pelo sobrinho em cárcere privado é resgatado pela Polícia Militar em Imperatriz

Ainda no Sul do estado, os municípios de Coroa Vermelha e Pau Brasil, a enchente encobriu carros e os moradores se esforçaram para retirar os veículos.

Em razão do grande número de municípios que estão sofrendo com os impactos provocados pelas chuvas fortes e inundações na Bahia nos últimos dias, o governo do estado determinou que fosse feita a instalação de uma base de apoio no município de Ilhéus para agilizar e identificar as primeiras ações a serem executadas nas cidades atingidas.

“Nós teremos uma coordenação única, seja para a área de saúde, de apoio logístico para resgate e assistência às famílias. Providências formais já estão sendo adotadas para municípios terem acessos também a recursos para assistência alimentar e acolhimento das famílias nesse primeiro momento. O Governo Federal vai colocar aeronaves e equipes. Nós recebemos também manifestação de envio de apoio dos governadores de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraíba e do Maranhão”, disse o governador da Bahia, Rui Costa à BATV.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Jovem estudante ganha bolsa de estudos para universidade na Espanha, mas teme não realizar o sonho

Publicados

em

O jovem estudante José Andersson Braga de Abreu, natural de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba, ganhou uma bolsa de estudos para cursar Engenharia Civil na Universidade de Jaén, na Espanha.

Ele conquistou a primeira colocação na seleção do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Eram apenas duas vagas para todo o Brasil.

“Sinceramente quando eu soube do resultado fiquei sem reação, pois não acreditei que seria capaz de ser selecionado, já que estava concorrendo com excelentes alunos da rede federal de ensino, cada um com incríveis capacidades. Mas quando […] a ficha caiu, fiquei extremamente feliz”, contou ao g1.

Para José Andersson, o desafio agora é se adaptar a uma nova cultura, que é totalmente diferente da sua no Nordeste do Brasil. Segundo ele, a “oportunidade de crescimento”, é tão grande que lhe fez diminuir o medo.

Outro desafio para ele é a condição financeira de chegar até a Espanha. Segundo ele, a bolsa que ganhou paga as mensalidades do curso, o seguro saúde e um curso de espanhol. Ele terá ainda um auxílio de 2.200 euros, que será destinado ao alojamento durante o ano, o que equivale a um valor mensal de 180 euros.

Leia Também:  Sesapi alerta a população para aumento de casos de Covid

Em meio às despesas do estudante, ele ainda vai precisar de passaporte, visto e passagens aéreas, um custo aproximado de R$ 6 mil, despesas que a família não tem como custear.

Os amigos de José Andersson fizeram uma vaquinha na internet, mas os resultados não foram satisfatórios. Por causa dessa dificuldade, ele não sabe se vai conseguir realizar o sonho de estudar em outro país.

Atualmente ele está cursando Engenharia Civil no campus do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), no município de Cajazeiras, na região do Sertão. Na mesma instituição, o jovem fez o Curso Técnico em Edificações integrado ao Ensino Médio.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA