Agentes de desenvolvimento municipal de Amarante vão realizar busca ativa de trabalhadores informais

Amarante

Passada a inauguração da Sala do Empreendedor de Amarante no dia 02 de agosto deste ano, os agentes de desenvolvimento municipal tiveram um treinamento em Floriano dias depois e agora o setor vai realizar uma busca ativa de trabalhadores informais no município.

A intenção dos agentes é levá-los à formalização para abertura de oportunidades na condição de novos empreendedores. A ação será uma das primeiras a serem executadas em Amarante na Sala do Empreendedor.

Os agentes disseram ainda que estão sendo procurados por trabalhadores informais e pequenos empreendedores, todos buscando a formalização do próprio negócio.

“Alguns preferem não apostar na legitimidade do negócio em razão das despesas. Acham também que não é compensador e que não serão motivados, o que não é verdade”, disse o agente Francisco Nunes Neto.

A catalogação dos trabalhadores, segundo o agente Guilherme Teixeira, não é o suficiente para o sucesso do empreendedor. “Não adianta apenas catalogar, vinculando-o à sala do empreendedor, pois a sala precisa promover uma parceria de acompanhamento no decorrer do negócio do trabalhador, e buscar saber como estão as vendas e quais as dificuldades enfrentadas por ele”, disse.

Uma das primeiras ações que serão executadas pela equipe de trabalho, segundo o agente João Pedro, é a busca ativa. Ele considera que, além da demanda, os agentes terão que ir de porta em porta na busca pelos trabalhadores informais.

“Teremos que ir a campo, por bairro, para catalogar quem tem um pequeno negócio. Um exemplo é uma vendedora de perfume, que não tem uma lojinha e, portanto, não tem como ser identificada de outras formas, mas se formos lá, pessoalmente, vamos encontrá-la e vai representar o momento oportuno para que ela possa desenvolver seu negócio”, considerou.

O secretário de Administração do município, Ironilson Lima, assegura que o setor comercial será referência em Amarante, tanto na cidade quanto na zona rural. “A importância da sala é levar esse comerciante a entender que criar um CNPJ, vai possibilitar que ele tenha acesso a benfeitorias como empréstimos, comprar direto do revendedor, ter um lucro maior, etc.”

O preparo dos agentes para a tarefa, segundo o secretário, é preponderante para a abordagem correta do público-alvo. “A sala do empreendedor tem suas etapas. É preciso preparar os agentes com informações para que eles possam abordar o público com conhecimento e com capacidade argumentativa. Esse treinamento em Floriano foi muito importante.”

A Sala do Empreendedor está nos detalhes finais para iniciar suas atividades em Amarante. A equipe de trabalho informou que os computadores já serão recebidos em poucos dias para terem acesso ao sistema do Sebrae e começarem as ações de desenvolvimento no município.

Fotos: Leomar Duarte | Somos Notícia

Compartilhe este post
Macedo CarnesSabores da TerraCitopatologista Dra JosileneAri ClinicaAfonsinho AmaranteFinsolComercial Sousa Netoclinica e laboratorio sao goncaloCetec AmaranteEducandario Menino JesusMercadinho AfonsinhoAlternância de BannersPax Uni~ão AmarantePax Uni~ão AmaranteDr. JosiasPier RestobarPax Uni~ão AmaranteHospital de OlhosIdeal Web, em AmaranteMegalink AmaranteSuper CarnesInterativa