AMARANTE

Esportes

Botafogo vence lanterna Fortaleza no fim e entra no G6 do Brasileiro

Publicado em

Esportes

O Botafogo fez a festa dos mais de 23 mil torcedores que estiveram no estádio Nilton Santos neste domingo (15) à noite. O Glorioso venceu o Fortaleza por 3 a 1, pela sexta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, entrando na zona de classificação à próxima Libertadores.

O Alvinegro carioca foi a 11 pontos, assumindo o quarto lugar de forma provisória, podendo encerrar a rodada, no máximo, na quinta posição, caso o Santos some pontos contra o Goiás também neste domingo, no estádio da Serrinha, em Goiânia. O Leão do Pici, com apenas um ponto em cinco jogos, permanece na lanterna do Brasileiro.

Os cearenses abriram o placar aos 13 minutos do primeiro tempo, com Moisés. O camisa 21 aproveitou a sobra de uma dividida do também atacante Silvio Romero com o goleiro Gatito Fernández e conferiu para as redes. Inicialmente, o gol foi anulado por impedimento, sendo validado na sequência, após intervenção do árbitro de vídeo (VAR).

A missão dos visitantes, porém, complicou-se aos 39 minutos, com a expulsão de Brayan Ceballos pelo segundo cartão amarelo. No lance seguinte, o também zagueiro Victor Cuesta ficou com o rebote de uma cobrança de falta na área e cruzou para o atacante Erison, de peixinho, empatar o jogo.

Leia Também:  Apesar da queda no ranking, Sarah Menezes vê momento atual como normal

Mais agressivo e tentando fazer valer a superioridade numérica, o Botafogo teve um gol de Erison anulado aos dez minutos da etapa final por impedimento. A virada saiu aos 43, com Patrick de Paula. O volante bateu falta e a bola desviou no lateral Yago Pikachu, enganando o goleiro Marcelo Boeck. Nos acréscimos, aos 48, o lateral Daniel Borges definiu a vitória alvinegra.

Quem também está no G6 é o Coritiba, que levou a melhor sobre o América-MG em confronto direto por lugar na zona da Libertadores. Neste domingo, o Coxa derrotou o Coelho por 1 a 0 no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Os anfitriões foram a dez pontos, na sexta posição. Os mineiros, com nove pontos, iniciaram a rodada no terceiro lugar, mas encerram o fim de semana em oitavo.

O gol da vitória paranaense saiu nos acréscimos do primeiro tempo. Aos 47 minutos, o lateral Egídio cruzou da esquerda e o volante Andrey mandou de cabeça para as redes. Oito minutos antes, o América perdeu o zagueiro Iago Maidana, expulso pelo segundo cartão amarelo, após acertar o atacante Léo Gamalho.

O Coritiba ainda se beneficiou do tropeço do Avaí, que perdeu do Juventude por 2 a 1 na Ressacada, em Florianópolis. O Leão da Ilha soma os mesmos dez pontos dos paranaenses e do Santos, mas fica atrás pelo saldo de gols e aparece em sétimo. Os gaúchos conquistaram a primeira vitória no Brasileiro, mas continuam na zona de rebaixamento – agora em 17º. O Papo tem seis pontos, assim como Athletico-PR e Flamengo, sendo superado nos critérios de desempate.

Leia Também:  Covid-19: mais de 1000 jogos no mundo são cancelados neste domingo

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Óscar Ruiz colocou o Juventude à frente. O empate saiu no lance seguinte, em voleio do também atacante Bissoli. Na etapa final, novamente aos 24, o zagueiro Vitor Mendes, de cabeça, garantiu a vitória alviverde. Os visitantes ainda tiveram o atacante Paulinho Moccelin expulso com auxílio do árbitro de vídeo (VAR), mas seguraram o resultado positivo.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Campeonato Brasileiro de Boxe Elite reúne medalhistas olímpicos no RJ

Publicados

em

Construído para as provas de ciclismo da Olimpíada Rio 2016, o Velódromo da cidade maravilhosa abriu as portas para outra modalidade nesta segunda-feira (4): o Campeonato Brasileiro de Boxe Elite. As disputas masculina e feminina reunirão 173 atletas de todo o país, entre eles, expoentes como Beatriz Ferreira (prata nos Jogos de Tóquio e atual vice-campeã mundial nos 60 quilos), Keno Marley (vice-campeão mundial nos 86kg), e Abner Teixeira, bronze em Tóquio, nos 90 kg. A competição vai até domingo (10). 

As lutas começam a partir das 14h30 (horário de Brasil), em ringues no vão interno do Velódromo, no Parque Olímpico, na zona oeste do Rio. A entrada é gratuita, mediante inscrição online. As lutas também são transmitidas ao vivo no YouTube da Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe). A programação e resultados são publicados diariamente, depois das 22h30, no site da entidade.

Na semana que vem, a partir do dia 14, o Velódromo do Parque Olímpico receberá o 1º Grand Prix Internacional, com 52 atletas, de países como  México, Argentina, Colômbia, Panamá, Paraguai e Equador. Serão 13 categorias de peso, entre masculino e feminino.

Leia Também:  Duplas de Marcelo Melo e Rafael Matos avançam em Roland Garros

Após os dois grandes eventos, Marcos Cândido de Brito, presidente da CBBoxe, projeta a possibilidade de o Parque Olímpico receber em 2023 um evento do calendário classificatório da modalidade para os Jogos de Paris 2024. 

“Queremos criar um círculo virtuoso. Essa presença de eventos de referência incentiva a garotada, os técnicos e os projetos a se desenvolverem. Com isso, mais atletas ganham condições de ter nível de seleção e de competir internacionalmente e o Brasil só tem a ganhar”, afirmou o dirigente em depoimento ao Ministério da Cidadania. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA