AMARANTE

Esportes

Após Finalíssima masculina, Uefa e Conmebol anunciam edição feminina

Publicado em

Esportes

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e a União das Associações Europeias de Futebol (Uefa) anunciaram, nesta quinta-feira (2), uma série de competições que serão realizadas em conjunto pelas duas entidades. Um dos eventos será a versão feminina da Finalíssima, reunindo as seleções vencedoras da Copa América e da Eurocopa, em data e local a serem definidos.

Os campeões de ambos os torneios ainda serão conhecidos. A Copa América feminina será disputada na Colômbia, entre 8 e 30 de julho. O Brasil é o maior vencedor, com sete títulos, sendo os três últimos consecutivos. A competição dá vaga à Copa do Mundo do ano que vem, em Austrália e Nova Zelândia, às três seleções mais bem colocadas. A Eurocopa também ocorrerá em julho, na Inglaterra, entre os dias 6 e 31.

Segundo a nota conjunta de Conmebol e Uefa, a Finalíssima feminina, bem como os demais eventos anunciados, foram motivados pelo “sucesso” da versão masculina do confronto, que reuniu Argentina (campeã da Copa América de 2021) e Itália (vencedora da última Eurocopa), na quarta-feira (1º), com triunfo sul-americano por 3 a 0. Cerca de 87 mil pessoas acompanharam o duelo no estádio de Wembley, em Londres (Inglaterra).

Leia Também:  Vasco, Bahia e Cruzeiro estreiam na abertura da Série B do Brasileiro

As entidades também confirmaram a realização da Copa Intercontinental sub-20, envolvendo os campeões sul-americano e europeu de clubes na categoria. A primeira edição terá o embate entre o Peñarol (Uruguai), vencedor da última Libertadores sub-20, e o Benfica (Portugal), que levou o troféu da Liga de Jovens da Uefa em 2022. O duelo será no próximo dia 21 de agosto, no estádio Centenário, na capital uruguaia Montevidéu.

Outro evento conjunto reunirá os finalistas da Copa América e da Eurocopa de futsal masculino, previsto entre 16 e 18 de setembro deste ano, na Movistar Arena, na capital argentina Buenos Aires. Os representantes sul-americanos serão Argentina (campeã) e Paraguai (vice), enquanto Portugal (campeão) e Espanha (terceira colocada) defenderão o Velho Continente. A Rússia, superada na decisão europeia pelos portugueses, está suspensa de competições por Federação Internacional de Futebol (Fifa) e Uefa, devido às ações militares do país na Ucrânia.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Fluminense recebe o Cuiabá em Maracanã lotado

Publicados

em

Embalado na temporada, o Fluminense encara o Cuiabá, a partir das 16h (horário de Brasília) deste domingo (7) no estádio do Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Tricolor das Laranjeiras chega ao confronto em um momento especial, com uma invencibilidade de 12 jogos (nove vitórias e três empates). Esta sequência de confrontos abrange duas competições: Brasileirão e Copa do Brasil, campeonato no qual a equipe carioca disputa as quartas de final contra o Fotaleza (o Fluminense bateu a equipe cearense por 1 a 0 na partida de ida, disputada no estádio do Castelão.

Para esta partida, o Tricolor terá uma ausência de peso, o volante André, que está suspenso após tomar o terceiro cartão amarelo na competição no empate de 2 a 2 com o Santos na última segunda (1) na Vila Belmiro. Segundo Paulo Henrique Ganso, a ausência de um dos destaques da equipe deve ser lamentada, mas o time deve procurar formas de sanar este desfalque: “André é um grande jogador. Sem dúvida fará falta. Temos que pensar como time, como grupo. Sem ele, vai ter Martinelli, Nonato, Wellington, Yago Felipe. Todos poderão nos ajudar. Eu mesmo, quando estiver ausente, vai ter outro para fazer a função”.

Leia Também:  Flu sai na frente, mas Coritiba vira no Couto Pereira e crava 3 a 2

Se a equipe de Fernando Diniz terá de lidar com ausências importantes dentro de campo, fora das quatro linhas o apoio maciço da torcida pode ser um diferencial para o camisa 10: “Saudade do Maracanã, de estar perto da nossa torcida […]. Já tem mais de 30 mil [torcedores]? Que chegue a 50, 60 mil. Temos um returno muito longo. Caso continuemos nessa invencibilidade, fazendo nossa pontuação em casa, podemos chegar no ponto alto da tabela, que é o nosso objetivo”.

Já o Cuiabá vive situação delicada na competição, dentro da zona do rebaixamento com apenas 20 pontos. Além disso, o Dourado não vence há quatro partidas no Brasileiro (somando três derrotas e um empate).

Transmissão da Rádio Nacional

A Rádio Nacional transmite Fluminense e Cuiabá com a narração de André Luiz Mendes, comentários de Mario Silva e plantão de Bruno Mendes. Você acompanha o Show de Bola Nacional aqui:

Leia Também:  Figueirense goleia e Avaí fica perto do Z4 do Campeonato Catarinense

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA