Menu...

21 de setembro de 2019

Flamengo

Modesto, lateral Euller diz: “não é o meu momento”

Quando o Vitória perdeu o lateral esquerdo Juan, com uma lesão muscular, muita gente imaginou que a equipe iria enfraquecer. Afinal, o ex-jogador do Flamengo era uma das principais peças do time treinado por Jorginho. No entanto, Euller o substituiu e tem sido fundamental nos últimos jogos. Com apenas 19 anos, Euller superou Mansur e

Flamengo cai para León no Maracanã lotado e confirma vexame

Maracanã lotado, torcida inflamada e esperança de uma noite feliz. O cenário era favorável antes de a bola rolar, mas o Flamengo não correspondeu nesta quarta-feira e perdeu para o León-MEX por 3 a 2. Arizala, Boselli e Peña marcaram para os visitantes, enquanto André Santos e Alecsandro fizeram para os donos da casa. O

Presidente do Flamengo reclama da arbitragem

RIO – Numa atitude pouco frequente, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, pediu a palavra na sala de imprensa para reclamar da arbitragem do juiz Rodrigo Nunes de Sá no clássico entre Vasco e Flamengo. Ele apontou alguns lances, como o do gol do Vasco, no qual Felipe teria sofrido falta, e a demora

Fluminense faz 3×0 no Flamengo na boa estreia de Walter

Com o resultado, a equipe das Laranjeiras se igualou aos rubro-negros, que seguem na liderança do Campeonato Carioca pelos critérios de desempate Desde outubro de 2012, o Fluminense não vencia um clássico. Neste sábado, os tricolores acabaram com o jejum e derrotaram o Flamengo por 3 a 0 no Maracanã, pelo Campeonato Carioca. Com o resultado,

Flamengo renova com Jayme de Almeida por mais 2 anos

Jayme de Almeida seguirá no comando do Flamengo para a próxima temporada. No início da tarde desta quinta-feira, o clube rubro-negro anunciou a renovação do técnico campeão da Copa do Brasil até o final de 2015. Contando passagens como interino e efetivo, Jayme de Almeida comandou o Flamengo em 24 partidas, com 11 vitórias, 8 empate

Flamengo vence o furacão por 2 x 0 no maraca

Diante do Atlético-PR, o Flamengo foi da profunda crise à redenção, em um ciclo que se fecha com capricho, com o título da Copa do Brasil. A vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR nesta quarta-feira, no Maracanã, é o último capítulo de uma história que não parecia nada boa para o time carioca