AMARANTE

Piauí

Wellington Dias assina Termos de Fomento com entidades Terapêuticas

Avatar

Publicado em

Piauí


O governador Wellington Dias assinou, nesta quinta-feira (10), os Termos de Fomentos com as entidades que desenvolvem trabalhos de prevenção e tratamento da dependência química. A solenidade aconteceu no Palácio de Karnak, onde foram firmados 54 termos, contemplando 37 Organizações da Sociedade Civil (OSCs), sendo oito de prevenção e 29 de tratamento, espalhadas pelos doze territórios de desenvolvimento do Piauí.

O Termo de Fomento de Prevenção foi efetivado por intermédio da Coordenadoria Estadual de Enfrentamento às Drogas do Piauí (Cendrogas) e tem por objetivo manter em funcionamento regular programas de execução de trabalhos em grupos socioeducativos, culturais, esportivos e profissionalizantes, por meio de oficinas educativas de geração de renda, esportes e cultura,

De acordo com o chefe do Executivo estadual, são mais de R$ 13 milhões em investimento. “Hoje celebramos mais esse passo para o acolhimento das pessoas que dependem desse atendimento das comunidades terapêuticas. O Estado, se somando a 54 organizações que trabalham a prevenção e o tratamento, são mais de R$ 13 milhões para que consigamos somar a esse esforço para ajudar cerca de 967 pessoas”, afirmou Wellington Dias.

Leia Também:  Veículo usado em assalto a banco de cidade é encontrado incendiado

Em relação ao tratamento da dependência química, o termo de fomento tem por objeto manter em funcionamento regular do programa de tratamento, por meio de acolhimento exclusivamente voluntário, em regime residencial transitório, de pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substâncias psicoativas, bem como demais políticas de prevenção.

O secretário de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc), Zé Santana, afirmou que os Termos possibilitaram a inserção de mais entidades no convênio com o Estado. “Trabalhamos em parceria com a Cendrogas, são R$ 12,8 milhões para conveniar esses termos de fomento, mais R$ 847 mil para a criação de um Centro de Reinserção de pessoas que tiveram foram dependentes químicos e estão em situação de vulnerabilidade. Com esses novos Termos de Fomentos, as instituições que não possuíam ainda convênio com o Estado, puderam ser incluídas, com a finalidade de que a gente possa ter comunidades terapêuticas em todos os territórios do Piauí”, disse Santana.

A coordenadora-geral de Enfrentamento às Drogas do Piauí, Cida Santiago, reiterou que a parceria será importante para que as entidades continuem realizando o trabalho de tratamento e prevenção. “A assinatura desses Termos vai garantir às entidades a política sobre drogas. A parceria com o Governo do Estado é imprescindível para que essas organizações, seja de tratamento ou prevenção, possa dar continuidade a esse trabalho que tem sido feito desde 2015. Então, o Governo do Estado nos dá esse aval de que essa parceria continue fortalecida”, ressaltou a gestora.

Leia Também:  Veículo da Equatorial se envolve em acidente com ônibus de turismo próximo à Estaca Zero

Para o presidente da Comunidade Terapêutica Restitui, pastor Ronald Teixeira, esse é um avanço na política sobre drogas no Estado. “Representar as comunidades terapêuticas nesse momento é uma grande honra. Hoje, estamos tendo um grande avanço na política sobre drogas no estado. Quero parabenizar o Governo do Estado, por meio da Cendrongas, por proporcionar oportunidade de financiamento do tratamento dos dependentes químicos”, disse.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Detentos contribuem com manutenção de unidades penais por todo o Piauí

Avatar

Publicados

em


O uso da mão de obra de detentos no sistema prisional é uma realidade nas 17 unidades penais do Piauí. Na Penitenciária Irmão Guido, localizada na BR 316, em Teresina, cerca de cem internos trabalham diariamente em serviços de manutenção do local.

Dentre as ações, a limpeza da unidade, desde os corredores às caixas de gordura, trabalhos de eletricidade, metalurgia, reformas estruturais e pinturas, além do auxílio no preparo das refeições para os próprios internos e servidores.

Para o gerente da unidade penal, o policial Giancarlo Oliveira, todos os trabalhos possuem importância para o melhor desenvolvimento da unidade. “Muitos deles ainda não têm um ofício, se têm, acabam aprendendo outro. Temos em média 100 internos trabalhando e todos esses trabalhos têm suas devidas importâncias. Todos proporcionam à unidade ser mais eficaz, além de ocupar os internos e garantir aprendizado e a remição das penas”, disse o gestor.

Fonte: Ascom Sejus
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Veículo da Equatorial se envolve em acidente com ônibus de turismo próximo à Estaca Zero
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA