AMARANTE

POLÍTICA

Teresa Britto reúne assinaturas para instalação de CPI na Assembleia Legislativa

Avatar

Publicado em

POLÍTICA


A deputada estadual Teresa Britto (PV) anunciou que está preparando um requerimento para a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com objetivo de  investigar a aplicação pelo Governo do Estado dos recursos federais destinados ao enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Piauí. Segundo a parlamentar, o requerimento já tem a assinatura de cinco deputados.

“Queremos investigar as omissões e possíveis desvio de recursos no combate a pandemia aqui no Piauí. Queremos saber o que está acontecendo, de fato, com esses recursos porque não temos tido transparência por parte da Secretaria Estadual de Saúde e do Governo”, reclama a deputada.

“Hoje já temos cinco assinaturas e esperamos conseguir as dez assinaturas, porque se o Governo não tem o que temer não tem motivo para não termos as dez. Nós temos visto o uso da saúde como política partidária e também a falta de medicamentos básicos e materiais faltando nos hospitais. Na Maternidade Evangelina Rosa estava faltando cerca de 15 itens de medicamentos e materiais de higiene. Então, cadê esse dinheiro da Covid?”, questionou Teresa Britto.

Comissões na Alepi Eleita vice-presidente da Comissão de Educação, Cultura e Saúde nesta quarta-feira (28), Teresa Britto disse que vai colocar seu nome à disposição para presidir outras comissões técnicas. “Nosso bloco tem o direito de presidir uma comissão aqui na Assembleia e eu vou presidir uma comissão e ela vai funcionar”, avisou Teresa Britto.

Laryssa Saldanha  – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Francisco Limma propõe a criação do Programa Agente Jovem Ambiental
Propaganda

POLÍTICA

Franzé Silva anuncia cronograma de vacinação de pessoas com deficiência

Avatar

Publicados

em


A Câmara Técnica de Vacinas (CIB), setor vinculado à Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), emitiu, nesta quinta-feira (6), a Nota Técnica Nº 02/2021, cujo objetivo é orientar os municípios na condução da campanha de vacinação contra Covid-19 para grupos prioritários – pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, gestantes e puérperas.

A divulgação da Nota Técnica foi pautada pelo deputado estadual Franzé Silva (PT), durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), nesta quinta-feira (6). O parlamentar, autor da lei que garante vacinação prioritária contra Covid-19 a pessoas com deficiência (Lei Nº 7.476/202), destacou a importância da definição da ordem de vacinação desses grupos.

“Havia uma indefinição quanto às datas de vacinação e, com a Nota Técnica, temos garantido, definitivamente, o cronograma de vacinação das pessoas com deficiência, orientando os municípios. Estamos, portanto, muito felizes pelo fato de a Sesapi ter estabelecido a vacinação desse grupo de pessoas tão necessitadas”, pontua o deputado Franzé Silva.

A ordem de atendimento, quanto ao grupo de pessoas com deficiência, será de acordo com a disponibilidade de vacinas, sendo vacinadas, primeiro, pessoas com Síndrome de Down de qualquer idade a partir dos 18 anos; pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com paralisia cerebral de qualquer idade a partir dos 18 anos; e pessoas com outras deficiências permanentes.

Leia Também:  PSB planeja revidar ataques na TV em possível segundo turno

Assessoria parlamentar – Edição: Katya D’Angelles
 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA