Menu...

Última Notícia

13 de dezembro de 2017

LG G4 será ‘radicalmente diferente’ do G3, segundo executivo


Hospital de Olhos

A LG tem planos ambiciosos para 2015: ela quer se firmar como a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, atrás apenas da Apple e Samsung. Para isso algumas coisas precisarão ser revistas, e uma delas é justamente seu dispositivo de ponta.

Em uma conferência realizada em Barcelona durante a MWC 2015, o COO e co-CEO da LG Cho Jun-ho disse que o G4 será “radicalmente diferente” G3, tanto por dentro quanto por fora.

Enquanto Samsung, HTC e outras fabricantes se digladiam na MWC, a LG mais uma vez preferiu deixar tudo para depois, aproveitando uma “janela” entre os lançamentos da linha S da rival sul-coreana e o anúncio dos novos iPhones. Tem sido assim nos últimos anos, o G3 por conta disso não dividiu os holofotes com outros lançamentos grandes e para a LG isso funciona. Mas não é o bastante.

Dentre as mudanças que serão vistas no G4, o executivo destacou que o plástico do corpo dará lugar a um case de metal, muito provavelmente alinhado com o que a Samsung fez com o Galaxy S6. É fato, embora mais prático e barato um aparelho top com tal acabamento acaba depondo contra a imagem de um dispositivo premium, que deveria ter performance e design em harmonia. O G3 é um excelente smartphone, mas um case de metal atrairia mais olhares do público.

Este é um ponto. O outro diz respeito às entranhas do futuro aparelho, mais precisamente seu SoC. Assim como a Samsung, a LG não quer depender para sempre da Qualcomm, que domina o mercado de smartphones com seus chips. A gente sabe que a companhia está investindo em seus próprios chips assim como a Samsung, outra que não quer depender de terceiros e preferiu utilizar sua própria linha Exynos no S6 e S6 Edge, e de acordo com o co-CEO a LG fará o mesmo:

Produzir nossos próprios chips é algo muito importante. Como a LG tem sido consistente no desenvolvimento desses componentes, a ideia é introduzi-los em novos aparelhos gradualmente.

Cho reconhece que a Qualcomm é uma liderança praticamente imbatível no setor, mas o fato é que a LG não vai ficar sentada vendo outros lucrarem quando ela poderia estar utilizando hardware próprio. O executivo disse que “há uma série de problemas que precisam ser resolvidos”, mas a expectativa é que a segunda e terceira gerações de seus SoCs sejam “muito melhores”, alcançando o padrão de qualidade que a companhia deseja.

De qualquer forma tudo isso terá que esperar: a LG só pretende anunciar o G4 após o lançamento da LG UX 4.0, a nova versão de sua interface gráfica inclusa em seus smartphones. O mais provável é que ela seja introduzida em abril, permitindo que o novo top de linha seja lançado entre maio e junho. Vamos aguardar.

Fonte: KT.

Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE