AMARANTE

Esportes

Surfe: Tatiana Weston-Webb avança para as semifinais de Margaret River

Publicado em

Esportes


A brasileira Tatiana Weston-Webb brilhou na madrugada desta quinta-feira (6) e derrotou a bicampeã mundial Tyler Wright, garantindo vaga nas semifinais da etapa de Margaret River (Austrália) do Circuito Mundial de Surfe.

A gaúcha, que já foi vice-campeã na etapa de 2019 em Margaret River, mandou muito bem nas ondas de Main Break e superou a australiana por 16,23 a 14,17 pontos. Agora, ela disputa a vaga na decisão com a australiana Bronte Macaulay.

“Eu tentei mostrar o meu surfe. Tenho treinado muito ao longo desse ano e estou bem confiante nas minhas habilidades”, disse Tatiana Weston-Webb à assessoria da WSL (Liga Mundial de Surfe).

Após a disputa feminina, já foi definido que não acontecerão baterias na noite desta quinta feira. Assim, a próxima chamada acontece às 20h15 (horário de Brasília) de sexta-feira.

Leia Também:  Juninho, de Amarante, integra quarteto do Sport Club que vai compor Seleção Brasileira Sub-18

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Covid-19: casos sobem em Pequim a nove dias da Olimpíada de Inverno

Publicados

em


Pequim registrou 14 casos locais confirmados de covid-19 nesta quarta-feira (26), a maior contagem diária em seu atual surto, menos de duas semanas antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno na capital chinesa e na província vizinha de Hebei.

Embora os números do surto em Pequim desde 15 de janeiro sejam menores do que em outras partes do mundo, a cidade ordenou lockdowns direcionados para dezenas de milhares de pessoas e testou alguns milhões de moradores para limitar a infecção.

As restrições, alinhadas com um esforço nacional para conter surtos do vírus o mais rápido possível, assumem uma urgência extra, já que a China prometeu sediar com segurança os Jogos de Inverno e evitar grandes surtos durante a temporada de viagens do Ano Novo Lunar.

A capital chinesa registrou um total de 55 casos locais sintomáticos desde 15 de janeiro, mostram os dados. As autoridades de Pequim culparam a variante Delta pela maioria dos casos no surto atual, com alguns atribuídos à Ômicron, que é altamente transmissível.

Leia Também:  Ituano volta a vencer Blumenau e fica a uma vitória do título da LBF

Pelo menos sete províncias, regiões e municípios da China registraram infecções pela Ômicron transmitidas localmente, enquanto o número total de casos é desconhecido.

* É proibida a reprodução deste conteúdo. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA