AMARANTE

PIAUÍ

Severo Eulálio propõe projeto que destina até R$ 4 milhões para o setor de eventos

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O deputado estadual Severo Eulálio (MDB) apresentou na Assembleia Legislativa um Indicativo de Projeto de Lei prevendo a promoção de ações de apoio ao setor de eventos durante a pandemia da Covid-19. Ele quer que o governo estadual, por meio de seleção pública, realize financiamentos para eventos culturais, artísticos e corporativos virtuais em valores que podem chegar a R$ 4 milhões.

“A pandemia da Covid-19 tem causado transtornos não apenas no convívio social devido as medidas de isolamento e distanciamento – segundo os especialistas – indispensáveis para a o controle da doença. Mas, ela vem ensejando também adversidades para alguns setores da economia, como o de eventos, notadamente por ser considerado com maior tendência de aglomeração”, defende.

O deputado explica que ao longo da pandemia muitas atividades tiveram que ser suspensas para evitar o avanço da doença, sendo que algumas delas foram retomadas após rígido processo de fiscalização e controle sanitário, mas isso não alcançou o setor de eventos que há muito tempo passa por dificuldades.

Leia Também:  Wellington cobrará do Ministério da Saúde cronograma de entrega das vacinas

“Sensível à realidade do setor e buscando formas para apoiá-lo, estou propondo que o Estado conceda a transferência de recursos no valor total de R$ 4 milhões, para a realização em meio virtual de eventos corporativos, culturais e artísticos por empresas ou organizações com atuação no Piauí”, acrescenta.

Pela proposta, os recursos poderão financiar seminários, congressos, simpósios, feiras e exposições e ainda atrair profissionais das novas tecnologias para expor seus conhecimentos, fomentar o desenvolvimento e a economia do estado com novas empresas e também abrir oportunidades de empregos formais para os jovens.

Durvalino Leal – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

PIAUÍ

Coordenadora da Cendrogas destaca trabalho de associação que acolhe moradores de rua há mais de 12 anos em Teresina

Avatar

Publicados

em


A coordenadora estadual de Enfrentamento às Drogas do Piauí, Cida Santiago, parabenizou a Associação Beneficiente São Paulo Apóstolo (Abespa), entidade mantenedora da Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de Teresina, que completou doze anos de sua fundação, na última quinta-feira (8). A Cendrogas é parceira da associação que tem por finalidade a promoção de ações de abordagem social, prevenção, habilitação, tratamento e reabilitação da população em situação de rua e dependentes químicos, possibilitando sua inclusão na vida social.

Cida Santiago ressaltou a importância da Abespa. “Este é um momento de agradecer pelo brilhante serviço realizado por padre João Paulo e toda equipe que faz a Abespa. É um trabalho de grande relevância porque busca, principalmente, resgatar a dignidade da pessoa humana. Nesse caso, a população em situação de rua”, destacou a coordenadora.

A Abespa foi fundada na Paróquia de Nossa do Amparo e teve como um dos primeiros colaboradores o padre Amadeu Matos, que agradeceu a todos que ajudaram no fortalecimento da entidade e no acolhimento dos moradores de rua. “Eu vejo este crescimento como uma bênção, no sentido de que o nosso Senhor Jesus Cristo foi mostrando para nós que o amor de Deus é o amor que cuida dos seres humanos. No evangelho de João, é tido que Deus tanto amor que deu a nós o seu filho Jesus Cristo. Então, queremos continuar essa missão de amar como Ele nos amou”, pregou.

Leia Também:  Em mensagem anual aos deputados, governador diz que 2021 será um ano de esperança

“Para isso, temos essas iniciativas a partir da necessidade dos irmãos. Imaginar que a gente encontrava no Centro de Teresina pessoas carentes de acolhimento, limpeza, alimentação ou esperança. Então, a Pastoral é uma prestação de serviço humilde, no sentido de dizer ‘eu quero ajudar você’”, acrescentou o sacerdote.

O atual coordenador da Pastoral do Povo da Rua, padre João Paulo Carvalho, tem a expectativa de aumentar o total de pessoas atendidas. “Iremos ampliar os nossos projetos sociais. Vamos dobrar o número de acolhidos, passando de 25 para 50”, afirmou.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA