AMARANTE

Piauí

Seduc realiza seminários regionais para a implementação do Novo Ensino Médio

Publicado em

Piauí


A sistemática de implementação do Novo Ensino Médio avança e, nesta semana, aconteceram seminários com diversas Gerências Regionais de Educação (GREs) nos municípios de Teresina, Parnaíba, Piripiri, Corrente, Bom Jesus, Floriano, Uruçuí, Fronteiras e Paulistana de forma presencial. O objetivo principal é reunir gestores e professores para tratar de pontos importantes do novo currículo e tirar as dúvidas dos profissionais.

SAIBA MAIS SOBRE O NOVO ENSINO MÉDIO AQUI

O coordenador estadual do PRO BNCC no Piauí, professor Carlos Alberto Pereira, explica que este novo momento será de grande importância para lotação de professores, por exemplo. “A questão da lotação vai estar resolvida, pois o professor não vai precisar pular de escola a escola para completar a sua carga horária. Praticamente não vai haver necessidade, porque dentro do itinerário já incorpora a carga horária dele”, explicou.

Entender a lógica curricular é um dos pontos importantes que estão sendo apresentados nos seminários. A nova proposta que está sendo implementada não se trata apenas de um currículo (matriz curricular), mas de uma fundamentação para que cada escola possa fazer e refazer seu Plano Político Pedagógico, missão e parcerias que darão as condições de ofertas dos Itinerários Formativos.

Leia Também:  Prefeitura beneficia cinco famílias de Amarante com moradia por meio do programa Aluguel Social

“Essa formação que estamos fazendo em todas as GREs é o primeiro passo para iniciarmos o processo de implementação no chão da escola. Essa é uma formação generalista para conhecer o currículo, ver quais são as possiblidades, ver a questão da flexibilidade, do protagonismo, como vamos funcionar, quais são as dificuldades. Tudo isso está sendo discutido aqui e será levado a todas as escolas para que a comunidade escolar fique sabendo”, ressaltou Carlos Alberto.

A coordenadora de etapas do Novo Ensino Médio, Elenice Nery, explica que o seminário que encerra a semana é com a 20ª e 21ª GRE, no Diferencial Buffet, e a programação segue nas próximas semanas para contemplar todas as regionais. “Estamos reunindo gestores escolares, a equipe das regionais e trazendo um representante de cada escola para essa conversa. Neste momento, estamos alinhando os discursos sobre à temática e apresentando as mudanças de um currículo que já foi aprovado e pronto para ir para o chão da escola de fato em 2022”, disse.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Projeto irá capacitar ex-dependentes químicos e os familiares

Publicados

em


O Governo do Estado por meio da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí (Cendrogas) realizou nesta quarta-feira (01), solenidade de assinatura do Termo de Fomento com a Fazenda da Paz, para execução do Projeto de Reinserção Social.

O projeto tem como objetivo capacitar os egressos de Comunidades Terapêuticas e seus familiares em situação de vulnerabilidade social objetivando a inserção/reinserção ao mercado de trabalho, promovendo a atenção integral através do trabalho em rede com as unidades públicas de assistência social.

Representando o governador Wellington Dias, a vice-governadora Regina Sousa falou da importância do Estado ajudar na oferta de capacitação para quem busca o tratamento da dependência química.

“Fico feliz de estarmos hoje assinando essa parceria como forma de apoiar a formação e capacitação dos acolhidos em Comunidades Terapêuticas”, afirmou Regina.

Através do Projeto serão ofertados cursos de marcenaria, serviços gerais, doces e salgados, mecânica de motos e manutenção predial, atendendo diretamente 480 egressos e indiretamente mais de 1.500 familiares. Estas capacitações serão oferecidas no Centro de Reinserção Padre Pedro Baizi, localizado na Rua Simplício Mendes, 1698, Bairro Vermelha.

Leia Também:  Com apenas 11 anos, artista de Esperantina vai participar de exposição no Museu do Louvre em París

“A Cendrogas, juntamente com a Fazenda da Paz, celebra este Termo que tem o objetivo de capacitar os egressos e seus familiares, preparando eles para o mercado de trabalho. No início serão oferecidos 5 cursos”, informou Cida Santiago.

Célio Luiz Barbosa, coordenador geral da entidade executora do projeto e presidente da Federação Nacional das Comunidades Terapêuticas (FENACT), reforçou o pioneirismo desta ação no Piauí.

“Para nós que trabalhamos há 27 anos com a Política Sobre Drogas, este passo de hoje é muito importante, pois este feito da reinserção social é pioneiro em todo Brasil. Chegaremos com este projeto em todas as CTs do Piauí e com isso estaremos exportando a nossa mão de obra. Agradecemos também o exemplo de fortalecimento dado pelo Governo do Estado através da Cendrogas no combate e enfrentamento às Drogas”, falou Célio Barbosa.

Um dos exemplos de como a capacitação tem dado certo, é o ex-dependente químico, Cícero Feitosa, que foi tratado na Fazenda da Paz e hoje é colaborador da entidade há mais de 15 anos.

Leia Também:  Festival de Teatro Lusófono será realizado de 22 a 28 de novembro com vasta programação

“O próprio tratamento me ensina a voltar para a sociedade através dos cursos e com isso sair com uma garantia a mais, pois pude sair com uma força a mais para encarar a sociedade. A importância de sair com um diploma de curso profissional, vai me fazer capaz de ser reinserido na sociedade”, finalizou Cícero.

Participaram também da solenidade, a presidente da Fazenda da Paz, Eneida Lustosa, o assessor técnico e a gerente de prevenção e acolhimento da Cendrogas, Sâmio Falcão e Pollyana Menezes, respectivamente.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA