AMARANTE

BRASIL

Salário maternidade pode ser estendido para mães em caso de internação

Avatar

Publicado em

BRASIL


O salário-maternidade – benefício no valor de um salário mínimo que pode ser solicitado ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) por mães e adotantes – poderá ser prorrogado para além dos 120 dias regulares em caso de complicações médicas envolvendo a mãe ou o recém-nascido. A mudança foi regulamentada em portaria do Ministério da Economia.

A alteração ocorreu por uma decisão cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) Nº 6.327, no âmbito do Supremo Tribunal Federal, que permitiu a prorrogação do benefício em situações excepcionais.

Com a mudança, mães que necessitem de tempo prolongado de internação após o parto terão o período coberto pelo benefício. Para solicitar a prorrogação, a mãe deve procurar o INSS. Pelo telefone, os serviços podem ser requeridos pela central 135. Veja aqui como solicitar o benefício.

O salário-maternidade é um auxílio pago a mães que têm de se afastar do trabalho em função do parto, adoção e aborto nos casos previstos em Lei. O pagamento começa no dia do parto ou até 28 dias antes.

Leia Também:  Novos dados do IBGE apontam que o Brasil tem mais de 202 milhões de habitantes

A consultora de comunicação Thays Puzzi foi uma das mulheres que tiveram de recorrer ao benefício quando sua segunda filha, Maria Luísa, nasceu no ano passado. “Eu precisei me afastar do nascimento da minha filha, por isso solicitei. Apesar de ter uma microempresa, eu contribuo com o INSS e possuía direito ao benefício. A solicitação foi simples. Mas só comecei a receber quatro meses depois, embora retroativamente”, conta.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL

Governo Federal envia 93 mil kts com medicamentos a 69 hospitais no Sul do país

Avatar

Publicados

em

O Governo Federal, por meio do Comando Millitar do Sul, fez o envio de 93 mil kits contendo medicamentos para atender pacientes que estão internados no Sul do país.

O tenente Fábio Almeida, do Comando Militar do Sul, disse que a ação vai beneficiar 69 hospitais em 52 municípios gaúchos, que vão atender pacientes que estão internados em Unidades de Terapia Intensiva devido a Covid-19.

De acordo com o Comando Militar do Sul, este é o maior número de medicamentos já transportados pelo comando desde o início da pandemia.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Clarice, 100 anos: autora revolucionou linguagem e inspirou reflexões
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA