AMARANTE

ESPORTES

Revezamento da tocha dá esperança de retomada econômica em Fukushima

Avatar

Publicado em

ESPORTES


Quando os corredores do revezamento da tocha olímpica chegaram à cidade japonesa de Fukushima nesta sexta-feira (26), Masahiro Abiko saiu para saudá-los com seus empregados, torcendo para que os Jogos revigorem seu negócio com a fabricação de bandeiras e trajes de festival.

“Desde o início da pandemia de coronavírus, festivais e outros eventos evaporaram. As encomendas de happi (casacos de mangas curtas usados em ocasiões festivas) não caíram para a metade, nem dois terços, mas para nove décimos”, disse Abiko à Reuters.

“Quero que a Olimpíada ocorra, aconteça o que acontecer”, acrescentou.

O revezamento da tocha começou ontem (25) e passou por outras partes da região de Fukushima antes de seguir para sua capital.

Abiko ecoa as esperanças de proprietários de negócios de todo o Japão, abalados por restrições de viagem e limites à frequentação de locais de alimentação.

A Olimpíada de Tóquio estava programada originalmente para 2020, mas foi adiada em um ano por causa da pandemia.

Abiko, que tem 27 empregados ocupados em tingir, costurar e passar a ferro, já está testemunhando sinais de recuperação.

Leia Também:  Atlético-MG bate Tombense por 2 a 1 no Mineiro

“Com a Olimpíada se aproximando, estamos vendo a demanda de bandeiras, de bandeiras do Japão e daquelas de países estrangeiros, aumentando. Não chega a dobrar, mas um aumento substancial”, disse.

Alguns jogos de beisebol e softball acontecerão na cidade de Fukushima, aumentando as esperanças dos comércios locais, mas espectadores internacionais não poderão ingressar no país para assistir os Jogos.

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Pré-Olimpicos de Saltos Ornamentais e Águas Abertas têm novas datas

Avatar

Publicados

em


A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta sexta-feira (8) que remarcou para o período de 1 a 6 de maio a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais em Tóquio (Japao), e realizará o Pré-Olímpico de Águas Abertas (maratonas aquáticas) nos dias 19 e 20 de junho, na cidade de Setúbal (Portugal). As competições foram adiadas no último dia 1º de abril, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Por meio de nota oficial, a entidade disse que ainda estuda uma nova data para o Pré-Olímpico de Nado Artístico, inicialmente marcado para o período de 18 a 23 de abril, em Tóquio. O torneio foi cancelado no último dia 3, também em razão da pandemia. 

No Pré-Olímpico de Saltos Ornamentais, o Brasil será representado por oito atletas classificados em seletiva realizada em fevereiro, no  Rio de Janeiro: Ingrid Oliveira, Giovanna Pedroso, Anna Lucia Santos, Luana Lira, Isaac Souza, Ian Matos, Luis Felipe Moura e Kawan Pereira. 

Leia Também:  Brasil mantém terceiro lugar no primeiro ranking de seleções de 2021

Em março, foi realizada a Seletiva Brasileira para o Pré-Olímpico de Maratona Aquática. Foi definido que Guilherme Costa e Allan do Carmo representarão o Brasil em busca da última vaga para as Águas Abertas.

Os nadadores Guilherme Costa e Allan do Carmo vão brigar pela da última vaga para no Pré-Olímpico de  Águas Abertas. Eles se classificaram em março, em seletiva brasileira. 

No Pré-Olímpico de Nado Artístico, o país terá o dueto Laura Micucci e Luisa Borges.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA