AMARANTE

BRASIL

Restrições sanitárias e tempo ruim afastam cariocas das praias

Avatar

Publicado em

BRASIL


No sexto dia do feriadão criado pelo governo do estado e pela prefeitura do Rio de Janeiro para diminuir aglomerações no estado e evitar a disseminação do novo coronavírus, poucos cariocas foram à praia nesta quarta-feira (31). Com a permanência nas areias proibida por decreto e com vento forte e céu nublado, apenas alguns banhistas entraram no mar ou foram vistos praticando esportes individuais.

Mesmo assim, a reportagem da Agência Brasil percorreu as praias de Copacabana, Ipanema, São Conrado e Barra da Tijuca, e constatou casos de pessoas em cadeiras de praia ou deitadas sobre cangas, o que não é permitido. No Arpoador, policiais militares passaram pelos banhistas em quadriciclos, mas não pararam. A fiscalização principal coube a agentes municipais da Secretaria de Ordem Pública (Seop), vistos circulando pela orla em camionetes.

A maior parte dos quiosques à beira-mar permaneceu fechada, pois o decreto municipal permite apenas a venda de produtos para entrega, proibindo a permanência de clientes em mesas e cadeiras dentro dos estabelecimentos. Alguns poucos estavam abertos, mas a procura de clientes era muito baixa.

Leia Também:  Aposta de Ribeirão Preto acerta as seis dezenas da Mega-Sena

Segundo o balanço da Seop, em cinco dias de fiscalizações do novo decreto, foram realizadas 5.098 autuações, entre multas e interdições a estabelecimentos, infrações sanitárias, multas de trânsito, reboques e apreensões de mercadorias. Durante esse período, foram aplicadas 371 multas a bares, restaurantes e ambulantes, além da interdição de 48 estabelecimentos que descumpriam as determinações atuais.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

BRASIL

Governo Federal envia 93 mil kts com medicamentos a 69 hospitais no Sul do país

Avatar

Publicados

em

O Governo Federal, por meio do Comando Millitar do Sul, fez o envio de 93 mil kits contendo medicamentos para atender pacientes que estão internados no Sul do país.

O tenente Fábio Almeida, do Comando Militar do Sul, disse que a ação vai beneficiar 69 hospitais em 52 municípios gaúchos, que vão atender pacientes que estão internados em Unidades de Terapia Intensiva devido a Covid-19.

De acordo com o Comando Militar do Sul, este é o maior número de medicamentos já transportados pelo comando desde o início da pandemia.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  No Rio, escolas de samba do grupo especial podem desfilar em julho
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA