AMARANTE

PIAUÍ

PRO Educação irá alfabetizar 200 mil pessoas que receberão incentivo financeiro em todo o Piauí

Avatar

Publicado em

PIAUÍ


O secretário de Estado da Fazenda e coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles, anunciou, nesta terça-feira (6), que o Governo do Estado enviará, ainda esse mês, um projeto de lei à Assembleia Legislativa que visa alfabetizar 200 mil pessoas em todo o Estado.

“Dentro do PRO Piauí Educação, será lançado, ainda nesse mês de abril, o maior programa de alfabetização de jovens, adultos e idosos da nossa história. Serão credenciadas instituições para atuarem nos 224 municípios do Estado com a meta de alfabetizar 200 mil pessoas ao longo dos anos de 2021 e 2022. Além do programa de alfabetização, será oferecido um incentivo financeiro para as pessoas que buscarem essa alfabetização, no valor de R$ 400. É importante ressaltar que esse incentivo financeiro veio num momento especial, que é esse momento da pandemia que gerou efeitos socioeconômicos muito graves na nossa sociedade”, ressalta Rafael Fonteles.

O coordenador do PRO Piauí ainda garante que haverá todo incentivo do Governo do Estado para que essas pessoas, mesmo pós-alfabetizadas, continuem na rede de educação de jovens e adultos, aumentando seu nível de escolaridade e tendo mais condições de prosperar na sociedade.

Leia Também:  Queda de árvore deixa Hospital de Campanha sem energia, em Teresina

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, disse que o programa de Alfabetização de Jovens, Adultos e Idosos será encaminhado o mais rápido possível para a Assembleia Legislativa e, logo depois, serão publicados os editais de credenciamento. “Devemos enviar o projeto de lei para que o programa seja transformado em uma política regulamentada pela Assembleia Legislativa. Na sequência, serão publicados os editados de credenciamento das entidades que vão oferecer os cursos de alfabetização. Serão milhares de pessoas alfabetizadas por esse programa. Mesmo durante a pandemia, a educação segue ativa no Estado do Piauí”, ressalta Ellen Gera.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

PIAUÍ

Em reunião com ONU e OMS, governadores garantem 8 milhões de doses de vacinas para o Brasil

Avatar

Publicados

em


O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, reuniu-se, na tarde desta sexta-feira (16), com membros da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OMS). Na oportunidade, foi anunciada a antecipação de quatro milhões doses de vacinas contra o coronavírus para o Brasil, de um total de oito milhões. A reunião foi por meio de videoconferência e contou com a participação dos demais governadores brasileiros integrantes do Fórum de Governadores.

A reunião foi solicitada pelos governadores brasileiros e teve como objetivo fazer um apelo para uma ajuda humanitária ao Brasil para aquisição de vacinas contra a Covid-19, além de remédios e sedativos que compõem o chamado kit intubação. Quem atendeu o pedido foi a secretária-geral adjunta da ONU, Amina Mohamed.

O coordenador do tema vacina do Fórum dos Governadores e governador do Piauí, Wellington Dias, enfatizou que todos reconhecem e têm um posição muito clara de que o problema é do Brasil mas é também do mundo. “Em razão disso, deve-se priorizar o Brasil e sensibilizar os países que são parte da ONU a fim de garantir agilidade na entrega de vacinas, assim como insumos e medicamentos que faltam. É necessário também o compromisso de tratarem sobre a antecipação da transferência tecnológica para a produção de IFA, no Brasil, pela Fiocruz, Butantan e outros laboratórios para que o Brasil, a partir daí, possa também ajudar o mundo”, justificou.

Leia Também:  PRF realiza campanha educativa no interior do Piauí

“A OMS reconheceu que estava no seu cronograma para maio e que vai antecipar o envio de quatro milhões de doses e vai estar tratando com a Índia, Coreia, Espanha, Itália, China e quem tiver condições de ajudar, por essa situação particular do Brasil, com reconhecimento do elevado números de óbitos diários, muitos acima daquilo que acontece em outros países”, disse Wellington Dias. Ao todo, serão oito milhões de doses do consórcio Covax-Facility, das quais quatro milhões serão entregues em abril e o restante, em maio.

O gestor piauiense também revelou que foi colocado em discussão o tema da quebra de patente. “Estamos vivendo um momento de guerra contra o coronavírus, com muitas vidas humanas em jogo”, enfatizou.

Os governadores manifestaram um compromisso com a ONU de manterem um diálogo, mesmo com as diferenças políticas, para conterem a circulação de pessoas com o objetivo de evitar a transmissibilidade. “É preciso, aqui no Brasil, serem adotadas medidas internamente para evitar o crescimento dos casos. Somadas às vacinas, estas medidas retroativas vão gerar resultados. Somente as vacinas, neste instante, não vão resolver”, disse Wellington Dias.

Leia Também:  Hospital Regional Justino Luz recebe torre de videolaparoscopia

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA