AMARANTE

SAÚDE

Portugal estende restrições a viagens até meados de maio

Avatar

Publicado em

SAÚDE


O governo de Portugal informou neste sábado que estenderá até 16 de maio as restrições que impedem viagens não essenciais de países com altos índices de infecção de coronavírus, incluindo Brasil e Índia – uma nova adição à lista.

Viajantes de países onde há 500 ou mais casos por 100.000 pessoas em um período de 14 dias – o que também inclui África do Sul, França e Holanda, entre outros – podem entrar em Portugal apenas se tiverem um motivo válido, como trabalho ou por motivos de saúde, afirmou o governo. Mesmo assim precisam fazer quarentena por 14 dias.

Pessoas de países onde a incidência é de 150 ou mais casos de Covid-19 por 100.000 pessoas, como os vizinhos Espanha e Alemanha, também podem viajar de avião para Portugal apenas por motivos essenciais.

Elas precisam apresentar provas de um teste negativo de Covid-19 realizado entre 72 horas da decolagem para Portugal. Quem não tiver feito o teste terá que realizar um ao chegar e esperar o resultado no aeroporto.

Leia Também:  Brasil deve receber até 14 milhões de vacinas de Oxford em fevereiro

Portugal estendeu restrições ao tráfego aéreo no mesmo dia em que chegou à fase final do alívio gradual de restrições impostas em janeiro para lidar com o que era naquele momento o pior surto de Covid-19 do mundo.

As infecções caíram drasticamente, e as restrições do lockdown começaram a ser aliviadas em meados de março. Escolas, restaurantes e cafés, shoppings, museus e outros serviços não-essenciais foram reabertos, mas sob regras rígidas para reduzir o risco de contágio.

A fronteira terrestre de 1.200 quilômetros de Portugal com a Espanha também foi reaberta no sábado, após mais de três meses de restrições e checagens.  

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Butantan envia mais 1 milhão de doses da CoronaVac ao PNI

Avatar

Publicados

em


O Instituto Butantan envia hoje (6) para o Ministério da Saúde um lote de mais 1 milhão de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo instituto em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Desde o mês de janeiro, o Butantan entregou 42,05 milhões de doses da vacina ao Plano Nacional de Imunização (PNI), responsável pelo planejamento, coordenação e logística de distribuição do imunizante em todo o país.

O Butantan informou que no último dia 19 recebeu nova remessa de 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), matéria-prima importada necessária para a produção de novas doses da vacina contra o novo coronavírus.

“Os insumos já foram processados, e as doses começam a ser liberadas a partir desta sexta [7] para completar as 46 milhões de doses do primeiro contrato firmado com o Ministério da Saúde”, diz o instituto, responsável pelo envase, a rotulagem, embalagem e inspeção de qualidade do imunizante.

O instituto informou ainda que está negociando com a Sinovac o envio de mais um carregamento com 3 mil litros do IFA. “O Butantan trabalha para entregar mais 54 milhões de doses para a vacinação dos brasileiros até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades contratadas até agora para a campanha contra a covid-19”.

Leia Também:  Rondônia estuda transferir pacientes com covid-19 para outros estados

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA