Menu...

18 de dezembro de 2017

Com Central de Leitos, HGV passa por mudanças


Hospital de Olhos
O diretor do Hospital Getúlio Vargas, Carlos Iglézias, esteve reunido, na manhã desta sexta-feira (4), com coordenadores clínicos para definir como será organizado a regulação de pacientes para o HGV. Segundo ele, os leitos do HGV, a partir de agora, são da Central de Regulação do Estado. “O leito passa a ser do hospital e não da clínica, assim como a sala de cirurgia. A enfermagem tem que estar preparada para receber qualquer paciente”, ressalta.

Ele explica que o HGV está passando por mudanças estruturais e de comportamento. ”Estamos passando por um momento histórico no HGV, de mudanças estruturais e de comportamento”, disse Iglézias. A meta é fazer com que a taxa de ocupação em todas as clínicas seja de 85%.

Iglezias explica que todas essas mudanças devem-se à participação do HGV como componente da Rede de Urgência como hospital Retaguarda. O intuito é promover uma regulação e uma gestão de leitos de acordo com as reais necessidades dos pacientes e com o perfil assistencial e a capacidade instalada de cada unidade de saúde do Estado.

Segundo ele, todo paciente transferido para o HGV deve respeitar protocolos estabelecidos pela Central de Regulação do Estado que está sendo implantada.


Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE