Menu...

Última Notícia

12 de dezembro de 2017

Médica condenada por cortar pênis do ex-noivo em MG pede desculpas à vítima


Hospital de Olhos

A médica Myriam Priscilla de Rezende Castro, 34, condenada a seis anos de prisão no regime semiaberto por ter mandado cortar o pênis do ex-noivo, pediu desculpas à vitima.

“Eu só tenho a dizer que eu sinto muito por esse meu ex-noivo, espero que ele tenha recuperado a função dele e desejo tudo de bom para ele. Eu falo que desejo para mim o que desejo para ele.” A declaração foi dada durante uma entrevista à TV Alterosa, afiliada do SBT em Belo Horizonte, veiculada nesta quarta-feira (3).

A urologista, que voltou a clinicar em Minas Gerais, afirmou ser inocente da acusação contra ela. A mulher culpou o pai, que cumpre prisão domiciliar por problemas de saúde, e uma outra pessoa, cujo nome não revelou. A mulher, que passa o dia fora da prisão, mas tem de retornar ao fim do dia, disse ter sido ameaçada de morte por esse homem.

“Meu pai foi um dos mandantes, só que o outro, o principal, fez tudo. Não é da minha família. E é isso que tem de ser conversado com meu advogado, porque eu estou sofrendo ameaças dessas pessoas desde quando eu entrei na cadeia. Essa pessoa ficou sabendo que eu estava aqui. E ela começou a me ameaçar por medo de a identidade dela ser revelada”, declarou. Atualmente, ela cumpre a pena na penitenciária Estevão Pinto, situada em Belo Horizonte.
A médica disse ainda que não havia casamento marcado entre ela e o ex-noivo, cujo cancelamento supostamente feito pelo homem teria ensejado as retaliações contra ele. Apesar de ter citado a vítima como sendo seu ex-noivo, no momento em que se desculpou, a mulher negou o noivado com ele.

“Na verdade, ele nunca foi meu noivo. Na época em que a gente começou a namorar, eu tinha 19 anos. Meu pai jamais me deixaria casar antes de ser alguém na vida, ou seja, antes de eu me formar e ser alguém. Nunca existiu essa história de casamento,”, afirmou.

A reportagem da emissora de TV afirmou que a médica estaria se relacionando com outro homem, que seria seu noivo atual. Ainda de acordo com a entrevista, a médica se recusou a detalhar a motivação para o crime. “Eu não tenho coragem de falar o que aconteceu. Foi muito pior que isso”, limitou-se a dizer.

Fonte: Uol

Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE