AMARANTE

POLÍCIA

Polícia civil cumpre mandados e faz prisões em Teresina

Avatar

Publicado em

POLÍCIA


A Polícia Civil do Piauí,  através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado – Greco, deu cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor da nacional de iniciais M. D. S. R. P. A prisão foi efetuada nas primeiras horas de hoje (07) no bairro Santa Lia, zona Leste de Teresina e decorreu de investigação a cargo do Greco que apura roubos a banco e caixas eletrônicos nesta cidade. 

A investigação, com fundamento em elementos formalizados em inquérito, constatou que a casa onde foram apreendidos armas, coletes e veículos no mês de setembro do ano passado foi alugada pela nacional presa a pedido do homem de iniciais G. R. D. C. F. que havia sido preso pelo Greco em março. Tal casa era usada como apoio por G. R. D. C. F. e seus parceiros quando cometiam roubos a banco. Todas as pessoas citadas foram presas pelo Greco ao longo deste ano por conta de roubos a banco e caixas eletrônicos que ocorreram ano passado em Teresina,  assim como foram presos também os nacionais de iniciais B. W. D. S. A. e R. A. D. S. pelo estouro de caixa eletrônico no Posto Monte Cristo no mês passado e que fazem parte do mesmo grupo de criminosos aqui citados.
A mulher presa hoje, M. D. S. R. P.  já presa por tráfico de drogas e sequestro de um gerente de banco em 2014 na cidade piauiense de Água Branca. Durante a execução desta diligência foi preso, também E. D. companheiro da nacional que estava foragido da Penitenciária Major Cesar onde cumpria pena por tráfico. 

Assessoria de Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PF combate organização criminosa que provocou prejuízos de R$ 10 milhões
Propaganda

POLÍCIA

Motoristas cobram policiamento após serem vítimas de arrastão na Ponte Metálica, em THE

Avatar

Publicados

em

Os motoristas que estavam na alça da Ponte Metálica, em Teresina, foram assaltados no início da noite dessa quinta-feira (08) por dois criminosos que teriam aproveitado a passagem do trem para praticar o crime.

Com o arrastão na Ponte Metálica, as vítimas ficaram revoltadas e denunciaram a falta de policiamento no local da ocorrência. Uma das vítimas publicou em rede social a sua indignação pela falta de policiais na barreira policial. Segundo ela, o trem ficou parado por 10 minutos no meio da ponte, o que foi suficiente para os criminosos assaltarem os motoristas parados.
Motoristas cobram policiamento após serem vítimas de arrastão na ponte metálica, em THE

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Timon (MA), Júnior Bacelar, houve uma reunião dele com a Secretaria de Segurança do Piauí pedindo para que fosse feito policiamento na alça da ponte, que fica ao lado de Teresina, mas até o momento o apelo não foi atendido.

“Há meses o policiamento não é feito. Enquanto isso não tem retorno acontece o que está acontecendo, que são assaltos, arrastões. A nossa parte a gente está fazendo. Tem policiamento do lado de Timon. Mas tem que ser uma via dupla. Isso é um grande risco”, alertou o secretário.

Leia Também:  Mais de 100 Kg de maconha são encontrados em residência no Litoral do Piauí

Os assaltos na alça a Ponte Metálica no lado de Teresina são constantes, segundo informou o diretor executivo do Departamento Municipal de Trânsito em Timon (DMTRANS), Ronaldo Gonçalves. A falta de policiamento, diz ele, acontece desde o ano passado.

“Assalto acontece todo dia com motoristas, ciclistas e pedestres na Ponte Metálica, especialmente no fim da tarde. Para minimizar a situação, estamos fechando a ponte no sentido Teresina-Timon, a partir das 21h, porque sabemos que quando liberamos o fluxo do lado do Maranhão, os motoristas do lado do Piauí ficam parados esperando e estão vulneráveis a assaltos”, destacou ao G1.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA