Menu...

19 de Janeiro de 2018

Fé e devoção marcam a procissão de São Gonçalo no fim dos festejos de Regeneração


Hospital de Olhos

Depois de nove noites de festejos, a Paróquia de Regeneração encerrou nesta quarta-feira (10) as homenagens ao seu padroeiro São Gonçalo com a tradicional procissão, iniciada no bairro Alto do Balanço às 17h40 e encerrada em frente à praça da Igreja Matriz.

A programação de encerramento das homenagens ao santo iniciou pela manhã com duas missas celebradas pelo pároco Robert Passos. Após a procissão no final da tarde, fiéis do Médio Parnaíba participaram do show de evangelização animado por padre Jardel e Banda Mais Fides.

“Para mim é sempre uma motivação muito grande poder voltar a Regeneração durante as festividades do seu padroeiro, é um momento muito importante para a cidade e também para a paróquia. A festa de São Gonçalo concentra um número muito bom de fiéis e hoje, por meio da música, vamos levar a palavra de Deus, sempre evangelizando”, disse o padre Jardel ao Somos Notícia.

As festividades reuniram um dos maiores públicos já vistos em procissões de encerramento de festejos de Regeneração, é o que aponta a organização do evento. A informação foi ratificada pela Polícia Civil de Amarante, que se baseou no método de Herbert Jacobs, e assegurou que o evento reuniu aproximadamente dez mil pessoas em frente à Igreja Matriz.

Durante os festejos, mais de 30 padres estiveram como concelebrantes. “Vir aos festejos de Regeneração é sempre uma alegria. Como padre, filho desta terra, venho por amor aos meus e por amor àquilo que me faz caminhar na fé”, disse o padre Nery – natural de Regeneração.

“A nossa religiosidade regenerense vem da fé que é transmitida de geração em geração. O simples ato de passar a fé se torna um grande ato por vemos que o que nos foi ensinado pelos nossos pais não foi em vão, pois representou uma preparação do terreno para acolhermos a graça de Deus”, reforçou.

A coordenadora da Pastoral da Comunicação, Marcelle Siqueira, acredita que a religiosidade dos paroquianos faz toda a diferença nas festividades. “A minha experiência com os festejos foi muito positiva à frente da Pascom, que foi abraçada pelos paroquianos desde a sua idealização.As pastorais colaboraram muito para a grandeza deste evento, pois a população regenerense é muito católica, e isso é muito importante para o alcance dos objetivos da Igreja.”

O pároco Robert Passos ratifica ao afirmar que “o sucesso das festividades em Regeneração se dá em razão da fé dos paroquianos”. “As pessoas são muito apegadas à tradição do reencontro que se dá durante as procissões, como também dos festejos. Essa grandeza se dá por questões religiosas e também culturais. Participar dessa tradição é questão de honra para o regenerense”, reforçou ao afirmar que a paróquia está trabalhando a evangelização de crianças.

“Os jovens vem se enamorando por essa ideia. Estamos investindo também na religiosidade das crianças para que elas peguem esse amor, até porque serão os futuros jovens e adultos da nossa paróquia”, encerrou.

A segurança do evento aconteceu com a participação efetiva da Polícia Civil de Amarante, que atuou com o apoio de policiais militares do Médio Parnaíba e da Força Tática de Regeneração.

Vídeo: Leomar Duarte

Tradicional procissão | Festividades reuniram 32 padres

 

Fotos: Gisele Nunes

Fotos: Denison Duarte

Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE