Menu...

11 de dezembro de 2017

Suspeito de estupro é violentado por colegas de cela no Piauí


Hospital de Olhos

José Paulo de Sousa Nascimento, conhecido como “Raposo”, preso acusado de violentar mulheres em Piripiri, amanheceu esta quinta-feira (12) com vários sinais de espancamento, praticados pelos próprios colegas de cela.

No Brasil, existe um código entre os presos de que estupradores sejam tratados de forma violenta na cadeia. Há casos até de morte. Raposo foi levado pelo SAMU 192 para o Pronto-Socorro do Hospital Regional Chagas Rodrigues, de onde foi transferido para Hospital de Urgência de Teresina, com várias lesões pelo corpo, traumatismo crânio encefálico. Ele pode ter sido ainda estuprado pelos demais presos.

Segundo apurou o site Piripiri Repórter, a vítima mais recente do maníaco relata ter sido atacada na madrugada do dia 23 de Fevereiro, enquanto dormia em sua própria casa. “Raposo”, que tinha conhecimento de que a vítima morava sozinha, conseguiu entrar na residência e iria atacar, mas a dona de casa reagiu. Após a prisão, ele foi liberado, mas teve o pedido de prisão preventiva expedido pelo Juíz no dia 05/03.

Fonte: Piripiri Repórter

Radar Financeira

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE