Menu...

17 de dezembro de 2017

Professores ainda lutam por melhores salários e reconhecimento


Hospital de Olhos
Na Paraíba, 54.562 professores trabalham na educação básica e ensino superior, conforme o Ministério da Educação. Sindicatos se reuniram ontem, na Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (AdufPB), para lançar a campanha de valorização da profissão, cumprimento do piso nacional e defesa dos 10% do PIB para a educação.

No Estado, militantes sindicalistas denunciam precarização das escolas, centros de ensino técnico e superior após o processo de expansão das unidades. Até o início do próximo ano, a categoria pretende realizar manifestações, inclusive passeatas em apoio ao maior desafio que é o Piso Nacional.

Nesta terça-feira (15) – Dia do Professor – às 9h, haverá um café da manhã para festejar a data, na sede da Associação dos Professores em Licenciatura Plena (APLP), no Centro da cidade. À tarde, haverá manifestação na Lagoa do Parque Solon de Lucena.

Confira a matéria na íntegra na edição desta terça-feira (15), no Jornal Correio da Paraíba.


Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE