Menu...

24 de Janeiro de 2018

‘Precisamos contratar 300 novos agentes em 2015’, diz diretor de presídios no Piauí


Hospital de Olhos

O diretor de Presídios da Secretaria de Justiça do Piauí, Fagner Martins, declarou que há necessidade de concurso público para a contratação de, ao menos, 300 novos agentes penitenciários. Em entrevista ao Jornal do Piauí desta segunda-feira (6), o gestor afirmou que já está debatendo com o Governo do Estado para viabilizar a abertura do concurso para este ano.

“Temos poucos servidores e estamos discutindo com o governo a possibilidade de abrir concurso para 300 novos agentes penitenciários, com uma certa urgência porque para assumir é preciso mais de um ano, já que são cinco fases, além do curso de formação”, explicou o gestor. Fagner acrescentou que a abertura do certame depende da situação financeira do Estado, principalmente da Responsabilidade Fiscal.

Falta estrutura
Sobre a fuga na Penitenciária Irmão Guido, ocorrida na tarde de ontem (5), Fagner disse que somente em 2015 foram investidos R$ 200 mil na unidade prisional. “Estamos adotando medidas a médio e longo prazo para solucionar o problema que é causado, principalmente pela superlotação. No próximo mês vamos serão abertas 130 novas vagas para detentos, com a conclusão da penitenciária de Altos. Até dezembro, 200 novas vagas serão criadas, com o término dos outros pavilhões da Casa de Custódia”, completou.

Foto e informações: Cidade Verde

Tags: ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE