Menu...

26 de Maio de 2018

Piauí tem confirmada a primeira morte por H1N1


Hospital de Olhos

MORTE POR H1N1 – A Fundação Municipal de Saúde (FMS) confirmou neste domingo (6) que o motorista da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), de iniciais F.L.S, de 52 anos, morreu vítima da gripe H1N1.  O enterro do motorista havia sido noticiado pelo cidadeverde.com na última sexta-feira (4).

A FMS informou ainda que ele não tinha aceitado internação quando foi ao hospital na primeira vez. Ao  retornar já estava em estado gravíssimo. A morte dele aconteceu no dia 30 de abril.

Uma outra morte, a de um empresário, aconteceu na madrugada deste domingo (6)  e também será investigada considerando-se que a vítima apresentava Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

A FMS deve divulgar o resultado de mais casos que estão sob investigação. Na última semana eram 52 suspeitas de Síndrome Respiratória Aguda Grave investigados pelo laboratório. Somente est ano sete já foram confirmados,  dentre eles está o caso da garota de 13 anos, internada na UTI e sob tratamento de Tamiflu, medicamento utilizado para tratar o H1N1

FMS faz alerta

Em nota, a FMS alerta que as pessoas com doenças crônicas que apresentem síndrome gripal aguda procurem o serviço de saúde o mais rápido possível para que as medidas cabíveis, em caso de H1N1, sejam tomadas.

A Fundação informa ainda que não existe nenhum protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS), ou do Ministério da Saúde, para realização de protocolo de bloqueio com medicamentos ou vacina de quem teve contato com pessoas com H1N1.

Tags:

Comente aqui

elit. in mattis id justo ut commodo neque. felis dapibus