Menu...

16 de dezembro de 2017

Governo expande ensino mediado pela tecnologia no Piauí


Hospital de Olhos

No Piauí, o processo do avanço tecnológico tem conquistado cada vez mais espaço com o Programa de Educação com Mediação Tecnológica – Mais Saber. Na manhã desta quinta-feira, 24, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) lança mais um desafio para a gestão do programa: o Curso Técnico em Desenvolvimento Infantil – TEDI.

O Programa Mais Saber, com uso da Mediação Tecnológica, já oferta o Ensino Médio Regular e as aulas preparatórias para o ENEM. “O ensino e a aprendizagem, por meio do uso da Mediação Tecnológica, é uma prática cada vez mais consolidada em diversas instituições do país, principalmente as educacionais que utilizam maiores recursos tecnológicos e ferramentas cada vez mais interativas”, afirma a diretora Lusimary Veloso.

O Curso TEDI, mediado pela tecnologia do Mais Saber, é a modernização do ensino-aprendizagem e a comprovação das mudanças através de um modelo expositivo de conteúdos, características de processos presenciais, que oferece a possibilidade da reformulação constante dos cursos e do monitoramento da aprendizagem do aluno.

De acordo com Lusimary, o único objetivo das tecnologias empregadas no Piauí é tão somente permitir a criação de ambientes de aprendizagem igualitários para todos os estudantes, onde quer que estejam. “As aulas são transmitidas pela televisão, através de videoconferências, ministradas por professores capacitados e habilitados, a partir dos estúdios da TV Mais Saber, em Teresina”, informa.

Segundo o secretário de Educação, Átila Lira, o Curso TEDI vai permitir a expansão da Educação Infantil no Estado. “A ideia do curso surgiu depois de uma conversa com a diretora da Mediação Tecnológica. Eu que sou pai, avô e vivo esse momento muito perto dos meus netos, sei o quanto é importante ter profissionais qualificados para cuidar das nossas crianças, com embasamento não somente na área da saúde, mas também da educação”, fala.

“Portanto, o objetivo do Curso TEDI é formar profissionais de nível médio que assumam, através de uma prática responsável e com um embasamento teórico-prático, o seu papel de técnico em desenvolvimento infantil com domínio da competência de assistir ações didático-pedagógicas infantis em consonância com delicado e importante público alvo de crianças menores de 5 anos e 11 meses”, informa o secretário.

Segundo dados oficiais, o Piauí teve em 2012, 132.237 crianças matriculadas em instituições públicas e privadas, destas, 34 452 nas creches com idades inferior aos 3 anos e 11 meses e 97 785 em pré-escola (4 e 5 anos). Portanto, o Piauí é o quarto da Federação em cobertura escolar pública para a faixa etária de 0 a 5 anos com um índice de 35,9 matriculadas de c/100 crianças, superando a média nacional que é só de 29,3.

Para o governador Wilson Martins, o desejo é melhorar essas estatísticas ampliando a oferta do ensino e, sobretudo a qualidade dos serviços nas escolas, pré-escolas, creches e berçários. “Precisamos ter educação de qualidade e, na idade certa”, frisa. “Este é um grande passo, mas nada disso tem importância se não chegar realmente na ponta, para os que são mais carentes. Porque o bem maior é o conhecimento. Isso ninguém pode negar”, garante.

O curso será ministrado em 46 (quarenta e seis) municípios, contemplando 61(sessenta e uma) Unidades Escolares e tendo como instituição certificadora, o Instituto de Educação Antonino Freire, escola credenciada para atuar no campo da educação profissional técnica como unidade escolar da rede pública estadual de ensino do Piauí a ofertar cursos do Eixo Tecnológico Desenvolvimento Educacional e Social.

O curso será ministrado em dois semestres, com carga horária teórica no 1º semestre de 300 horas, no 2º semestre de 320horas, de 180 horas de aulas práticas, 100 horas de atividades complementares e 300 horas de estágio totalizando carga horária de 1.200 horas para formação do Técnico em Desenvolvimento Infantil.

“Sinto-me muito feliz quando participo de um evento, como esse, onde podemos sentir que o nosso trabalho realmente faz sentido para todos os municípios piauienses”, declara o governador Wilson Martins.

A coordenadora do Mais Saber no município de Floriano, Anicácia Osório fala sobre a importância do Curso para a região. “Estamos ansiosos para o inicio das aulas. Queremos aproveitar a oportunidade para agradecer a mais esta iniciativa do Governo. Este programa que já é um sucesso com o Preparatório para o Enem e o Ensino Médio, também será com o TEDI. Pena que aqui não temos mais vagas, o que temos é uma lista grande de espera”, diz.

Na solenidade, o governador Wilson Martins foi recepcionado pelo Coral de Flauta Doce, formado por alunos da Unidade Escolar Antonio de Almendra, jurisdicionado a 21º GRE, sob a gerência do professor Alberto Machado.

Em seguida, aconteceu apresentação do Coral da Seduc, composto por funcionários da sede e das Unidades Escolares de Ensino, regidos pelo maestro Aurélio Melo e coordenados pela professora Francineth Carvalho. No repertório, Cajuína – música de Caetano Veloso e Teresina, uma composição de Aurélio Melo e Zé Rodrigues.

Na oportunidade, o governador ainda entregou a Unidade Móvel do Programa de Medicação Tecnológica – MAIS SABER, com objetivo de ampliar as possibilidades de atendimento da rede de ensino através da estação VSAT móvel para transmissão de eventos que venham a acontecer em localidades dentro do Piauí.

A Unidade Móvel foi adaptada para ser um Estúdio Móvel, a partir de um automóvel Ducato, para transmissão das aulas ao vivo, incluindo a produção educativa para Tv (convergência de linguagens e meios), com alocação de equipamentos profissionais e mobiliários necessários a plena operação das atividades do programa.

O Estúdio de TV Móvel – Mais Saber está devidamente montado, com tratamento acústico anti – chama além refrigeração adequada, para a efetiva prestação de serviços de pré-produção, produção, gravação e transmissão de conteúdo pedagógico e de comunicação social.

O Governador também fez a entregar de três Vans Escolares para a Associação de Paes e Amigos dos Excepcionais de Campo Maior, José de Freitas e Pedro II. Os transportes são financiados com recursos próprios do tesouro.

Para mais informações acessem o site www.programamaissaber.com.br ou entre em contato pelo 86 3216 4443 / 3216 3313 ou ainda pelo e-mail: contato@programamaissaber.com.br


Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE