Menu...

23 de junho de 2018

Governador participa da solenidade de formação do ProJovem Urbano


Hospital de Olhos

O governador Wilson Martins participa, na manhã desta segunda-feira (30), da abertura da formação inicial dos educadores do Programa Nacional de Inclusão de Jovens na Modalidade Urbana (Projovem Urbano 2013). O treinamento está sendo realizado no Instituto de Educação Antonino Freire (Ieaf) e seguirá até o próximo dia 4, no horário das 8h às 12h e das 13h às 18h.

O Projovem Urbano é uma das ações implementadas pelo Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, como forma de promover e intensificar a democratização do ensino profissionalizante no Piauí. “Esses cursos democratizam o acesso dos alunos da rede pública estadual ao ensino profissionalizante. Desde o início do nosso governo estamos preocupados com a ocupação dos jovens. Por isso, temos investido e apoiado programas que ocupem e deem qualificação a eles”, analisa Wilson Martins.

Chega a 50 mil o número de jovens que recebem capacitação profissional gratuitamente hoje no Estado. São alunos do ensino profissionalizante, regular e não presencial, somados aos alunos atendidos pelo Projovem Urbano, Projovem Rural e ProJovem Trabalhador.


Ampliação

Em 2013, o ProJovem Urbano ampliou sua cobertura em todo o Piauí. Além das 5 mil vagas oferecidas a partir de 2012, outras 9 mil novas vagas estão sendo destinadas aos alunos que desejam concluir o Ensino Fundamental agregando uma qualificação profissional. O aluno que opta pelo programa tem a vantagem de já sair preparado para o mercado de trabalho.

Juntamente com a ampliação do número de vagas, houve aumento no número de municípios inscritos. De 28 municípios atendidos pelo Projovem Urbano mais 45 novos municípios foram contemplados em 2013.

O programa foi lançado no Piauí em 2012, e ofertou inicialmente 5.800 vagas, com bolsas de R$100,00 por aluno em 28 municípios. E de acordo com o governador, o Piauí é o estado que mais se destaca no desenvolvimento do ProJovem Urbano. “Fomos o único Estado que ampliou o atendimento ao programa em 2013, com um crescimento de 200%. Teremos 14 mil bolsas profissionalizantes em 73 municípios que terão seus jovens com uma nova profissão”, destacou Wilson Martins.

Comente aqui

tempus ut in Praesent fringilla velit, eget id ut non eleifend id