Menu...

17 de dezembro de 2017

Funcionários ameaçam fechar Potycabana após impasse de pagamento de R$980 mil


Hospital de Olhos

A associação que administra o Parque Potycabana ameaça paralisar as atividades por conta de um débito de R$ 980 mil. O superintendente do parque, Francisco Mota, afirma que 55 servidores estão sob aviso prévio e, caso não seja feito o repasse, serão demitidos e o parque será fechado.

Segundo Francisco Mota, o débito é referente a quatro meses de atraso no repasse do governo do Estado. “Desde julho estamos sem esse repasse. Os funcionários só não estão com os salários atrasados porque economizamos em outras áreas para poder efetuar os pagamentos”, explica.

A Potycabana é administrada por uma associação que tem convênio com a Coordenadoria da Juventude. Porém, os repasses são feitos pela Secretaria Estadual de Educação.

O secretário Alano Dourado, titular da pasta, afirma que essa verba é oriunda do Tesouro Estadual e a Seduc fez a solicitação dos pagamentos. “Todos os pedidos foram feitos à Secretaria da Fazenda e estamos diligenciando para que seja liberado o mais rápido possível”, afirma.

Serviços de manutenção nas quadras, reposição de grama no campo de futebol, troca de mesas, manutenção nos equipamentos esportivos e eventos estão deixando de acontecer desde esse período, segundo Francisco Mota.

A associação entrou em contato com o governo do Estado e com a Coordenadoria da Juventude e aguarda uma solução para o problema até o início do mês. “Nós estamos em aviso prévio para nossos funcionários e até a próxima semana. Se não for feito o repasse, vamos ter que demitir. Aguardamos uma posição do governo”, avisa o superintendente.

Fonte:Cidade Verde


Tags: , , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE