Menu...

17 de dezembro de 2017

No interior do Piauí, pai denuncia na delegacia agressão ao filho que tem problemas mentais


Hospital de Olhos

Deficiente agredido – Um homem identificado com João Batista Moura afirmou na Delegacia de Polícia Civil de Cocal que o seu filho Eliomar Oliveira Moura, 34, foi “covardemente” agredido na cabeça com uma paulada.

O jovem sofre de problemas mentais. Ele estava em direção a sua residência quando, sem motivos, um homem o agrediu com uma paulada na cabeça, causando uma forte lesão no couro cabeludo.

“Eliomar é calmo e não mexe com ninguém. Ele estava caminhando quando um homem saiu atrás dele e desferiu uma paulada na cabeça dele”, afirmou o pai ao dizer que o filho só não apanhou mais por que algumas pessoas que estavam próximas ao local da agressão apartaram.

O agressor fugiu e a vítima foi socorrida e atendida no Hospital Joaquim Vieira de Brito.

O acusado já foi identificado e já foi intimado pela polícia a comparecer na delegacia.
A delegada de Cocal, Daniella Dinali pede a ajuda da população para que atos desse tipo sejam denunciados às autoridades.

Edição e postagem: Denison Duarte

Deficiente agredido – “Ele mexe com ninguém”, disse o pai
deficiente


Tags: ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE