Menu...

Última Notícia

15 de dezembro de 2017

Criança fura o pé com prego e não encontra vacina contra o tétano em hospitais de Teresina


Hospital de Olhos

O presidente da Associação de Moradores do bairro Promorar, identificado por Carlos Silva, esteve no programa Agora, nesta quarta-feira, 6, e, sob forma de denúncia, ele afirma que seu neto não conseguiu a vacina contra o tétano, após furar o pé com um prego.

Ele disse que esteve no hospital do Promorar e foi transferido para para outro hospital por não ter a vacina em estoque. “A criança não recebeu a vacina no hospital do Promorar. Ela criança furou o pé e, chegando lá, a Dra. pediátrica Marina Neiva, examinou a criança e passou a vacina, mas, no setor de vacinação, nós fomos surpreendidos por não ter a vacina. Eu perguntei se poderia encontrar no Parque Piauí e ela me respondeu que em qualquer hospital não há vacina.”

Carlos Silva pede providências e que o legislativo possa cobrar soluções para situações como à sua. “Nós, que somos esclarecidos, sabemos procurar nossos direitos e podemos até mesmo pagar uma vacina, mas quem não tem a condição devida para isso? No país existem leis, mas não há quem fiscalize. Nós precisamos que os vereadores vejam de que forma a população está atendida. Eu moro há 32 anos no Promorar e fico indignado em ver tudo isso.”

Por fim, ele manifesta insatisfação em relação às promessas feitas e não cumpridas pelos políticos do Estado. “Todos dizem nas campanhas que vão resolver os problemas na Saúde, na Educação, mas quando passa a eleição ninguém faz nada”, conclui ao assegurar que se dirigiu a uma farmácia e comprou a vacina.

Edição e postagem: Denison Duarte

Com informações da Rede Meio Norte

Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE