Menu...

Última Notícia

17 de dezembro de 2017

Crescem os casos de estupro no Piauí


Hospital de Olhos

Dados da 7ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que cresceu os índices de estupros no Piauí. O aumento também foi registrado pelo Ministério Público Estadual. De acordo com o MP, no ano de 2011 foram registrados 238 casos de violência contra crianças e adolescente e em 2012 este número passou para 442. As tentativas deste tipo de crime subiram de 69 para 103.

Segundo a delegada Marcela Sampaio, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), na maioria dos registros, os acusados são pessoas da mesma família da vítima. No momento, a delegada investiga dois casos que chocaram a população. O primeiro caso é de uma menina de 13 anos onde o suspeito de violentá-la é o padrasto. Já a outra investigação apura o envolvimento de um idoso suspeito de abusar sexualmente do garoto que é seu neto.

Para a delegada, a banalização sexual é o principal motivo para haver elevação nos índices de estupro no Piauí. Marcela afirma que desde quando assumiu a DPCA no dia 1 de julho até o momento foram registrados 48 casos de estupros a vulneráveis e quatro de violência só em Teresina.

A delegada ressalta que as penas para este tipo de crime são altas. “A pessoa que cometer este tipo de crime pode ter de cinco a 12 anos de prisão dependo do tipo de crime sexual”, disse.

A psicóloga Ana Cristina Lohmann conta que crianças e adolescentes têm trauma após sofrerem abuso sexual. “É muito comum que pessoas vítimas de abuso sexual na infância sofram de depressão, fobia social ou tenha dificuldade de se relacionar, por isso é importante prestar atenção no comportamento das crianças e adolescentes após terem sidos vítimas de violência sexual ou qualquer outro tipo de abuso”, alertou.


Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE