Menu...

17 de junho de 2018

‘Não me lembro do que aconteceu’, diz estudante após tentar suicídio no Piauí jogando ‘Baleia Azul’


Hospital de Olhos

Em Campo Maior, um estudante identificado como Luciano Carvalho, 18, após tentar suicídio, confirmou que foi vítima do jogo virtual ‘Baleia Azul‘. A informação é do Jornal Meio Norte, edição deste sábado (22).

O jovem estudante é aluno do colégio Leopoldo Pacheco, no município de Campo Maior, a 84 Km de Teresina.

Informações do jornal apontam que ele havia tentado o suicídio após cortar o próprio braço mais de 20 vezes usando um estilete no banheiro da escola.

Luciano Carvalho teria passado mal depois de cortar o braço. Ele chegou a desmaiar, mas foi socorrido por colegas e professores.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado pela diretora adjunta, Cândida Mendes. O jovem foi encaminhado para o hospital de Campo Maior.

Na última quinta-feira, ele foi liberado pelos médicos. Em casa, o estudante afirmou que tinha aceitado participar dos desafios após acessar a página do jogo, e ter ficado curioso com o nome ‘Baleia Azul’.

O estudante afirmou que leu todas as 50 regras do jogo e, finalmente, aceitou o desafio até chegar na tentativa do suicídio.

“Não lembro do que aconteceu realmente, só lembro que acordei no hospital com o braço todo cortado”, disse o estudante, já em fase de recuperação na sua casa, no Bairro de Lourdes, na periferia de Campo Maior.

A informação de que o jovem participava do jogo, segundo o jornal, foi confirmada pela diretora adjunta. Ela disse que o estudante chorou muito e confessou que estava participando do jogo e que havia chegado à fase de que tinha sido desafiado a cometer o suicídio, mutilando o próprio corpo.

“Ele pediu a um colega um estilete e se feriu com o objeto”, falou a diretora adjunta.

Com informações do JornalMN

Tags:

Comente aqui

lectus dolor. Curabitur Praesent non ut ipsum adipiscing in id, vel, mattis