Menu...

Última Notícia

15 de dezembro de 2017

A oposição no Piauí terá candidato ao governo estadual


Hospital de Olhos

No cenário político piauiense, onde o pensamento único estava prevalecendo, surge o nome do ex-governador e ex-senador Mão Santa, como candidato ao governo do estado.

O nome do ex-senador e ex-governador piauiense ressurge na política do seu estado como uma terceira via; como uma alternativa aos nomes do senador Wellington Dias (PT-PI) e do deputado federal Marcelo Castro (PMDB-PI), ambos os candidatos situacionistas, tanto no plano estadual, como federal.

Mão Santa que foi derrotado em 2010 na sua tentativa  de retornar ao Senado, pelo poderio econômico dos candidatos apoiados pelos governos estadual e federal e pelo empenho do então presidente da república Luís Inácio Lula da Silva, para quem derrotar o então senador piauiense passou a ser uma questão de honra. É que esse piauiense, que embora pertencesse aos quadros do PMDB, o maior aliado e sócio dos governos do Partido dos Trabalhadores (PT), havia se transformado na principal voz de oposição no Senado ao governo Lula.

Mão Santa entrou na disputa pela sucessão estadual e já tem muita gente dizendo que votará nele para governador, se prometer que não levará Magno Pires para participar do seu governo. Magno Pires que é tido pelo servidor público estadual, como o seu pior inimigo.

Em Tempo:

Se o presidenciável Aécio Neves não aceitar o palanque que Mão Santa irá lhe oferecer – é porque não tem a ambição de se eleger presidente da república. Pois ocorre que no Piauí o PSDB no presente momento negocia com o PMDB, para ser o candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Marcelo Castro, cujo palanque será dividido entre Dilma Rousseff, Eduardo Campos e Aécio Neves. Nessa ordem

Fonte: Portal AZ

Tags: , ,

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE