AMARANTE

GERAL

PF investiga grupo que fraudava auxílio emergencial a partir de Manaus

Avatar

Publicado em

GERAL


A Polícia Federal deflagrou uma nova operação para investigar supostas fraudes praticadas contra o auxílio emergencial. Nessa frente, a Operação Sevandija apura suspeitos que teriam atuado em Manaus, onde cumpre quatro mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal do Amazonas.

De acordo com os investigadores, os criminosos desviavam valores que seriam destinados a pessoas cadastradas para receber o auxílio emergencial.

“A Polícia Federal constatou que o golpe é aplicado em âmbito nacional, mediante cadastro (via aplicativo CAIXA Tem ou site) em nome de terceiros. Com a disposição dos valores nas respectivas contas sociais fraudadas, os membros da organização realizam pagamentos, por meio de boletos, bem como realizam transferências bancárias fraudulentas, a fim de receberem os recursos desviados”, informou a PF.

Durante o cumprimento dos mandados, um dos investigados foi preso em flagrante por tráfico de entorpecentes, uma vez que havia com ele “grande quantidade de substância com características similares à maconha”.

Segundo a PF, os indiciados poderão responder pelos crimes de pertencimento a organização criminosa e furto qualificado mediante fraude. Caso sejam condenados, poderão cumprir pena de até 16 anos de reclusão.

Leia Também:  Já imaginou como seria uma explosão atômica embaixo d’água?

Operação Checker

No Paraná, a Polícia Federal deflagrou a Operação Checker, para desmantelar uma organização criminosa que também fraudava o auxílio emergencial. Dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão são cumpridos no município paranaense de Umuarama.

Os suspeitos teriam usado programas de computador que, por meio de algoritmos, geram números do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e softwares chamados checkers, que indicavam titulares aptos a receber o Auxílio Emergencial.

“Os saques eram realizados diretamente no caixa eletrônico, na agência bancária, ou então, quando em valores maiores, por meio de transferência através do sistema PIX”, informa a PF.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Escavação em rodovia de SP revela fragmentos de dinossauro

Avatar

Publicados

em


Trabalhadores encontraram fragmentos de fósseis de dinossauros enquanto faziam a escavação de uma galeria para escoamento de água de chuva na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294). As peças foram encontrados nas obras de uma praça de pedágio, a uma profundidade de 20 metros da superfície do solo, no quilômetro 623 da rodovia, entre as cidades paulistas de Irapuru e Pacaembu. 

Segundo a concessionária da rodovia, a Eixo SP, as obras foram paradas imediatamente para que os trabalhos paleontológicos fossem feitos. Os trabalhos foram desenvolvidos pelo paleontólogo Fabiano Vidoi Iori e pelo biólogo Leonardo Paschoa, ambos pesquisadores do Museu de Paleontologia Pedro Candolo, em Uchoa (SP).

De acordo com a Eixo SP, as pesquisas indicam que entre as dezenas de fragmentos fósseis encontrados estão ossos dos gigantes titanossauros – os dinossauros “pescoçudos”, quadrúpedes e herbívoros que podiam alcançar por volta de 20 metros de altura – e dentes de abelissaurídeos, dinossauros predadores bípedes, que chegavam a até nove metros de comprimento.

Leia Também:  Após 11 meses internada, Beth Carvalho recebe alta de hospital no Rio

Outros fragmentos extraídos sugerem que no período Cretáceo – que durou de 145 milhões a 65 milhões de anos atrás – a região era formada por rios e lagos. O material encontrado também inclui ossos, escamas e dentes de crocodiliformes; escamas de peixes; e restos de cascos e esqueletos de cágados, uma fauna que viveu por volta de 85 milhões de anos atrás.

“Dentre os fósseis coletados, temos peças bem importantes, em especial os fragmentos cranianos, que vão permitir investigar mais a fundo se as espécies descobertas são inéditas ou já catalogadas na região”, destacou o paleontólogo Fabiano Vidoi Iori.

Parte de mandíbula de Peirosauridae encontrada em obras em rodovia de São Paulo.Parte de mandíbula de Peirosauridae encontrada em obras em rodovia de São Paulo.

Parte de mandíbula de Peirosauridae encontrada em obras em rodovia de São Paulo. – Divulgação/Eixo SP

Os fósseis foram levados para o Museu de Paleontologia de Uchoa e estarão expostos na reabertura do espaço, atualmente fechado em cumprimento às medidas restritivas de combate à pandemia de covid-19.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA