AMARANTE

Piauí

Parceria entre Águas de Teresina e Corpo de Bombeiros intensificará combate a incêndios

Publicado em

Piauí


As altas temperaturas, o tempo seco e os ventos fortes registrados nos meses de agosto, setembro e outubro ajudam no aumento dos focos de queimadas em Teresina. Pensando nisso, a Águas de Teresina firmou uma importante parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, nessa segunda-feira (2), com a proposta de fortalecer as ações de combate aos incêndios na capital.

“A partir de agora, passaremos a disponibilizar como suporte complementar, caminhões pipa da nossa unidade para as ações de combate a incêndios na cidade. Vamos também instalar novos pontos de hidrantes e compartilhar com a corporação o mapa dos equipamentos já existentes na capital, com o objetivo de reduzir o tempo de atendimento das ocorrências”, detalhou o diretor-executivo da Águas de Teresina, Fernando Lima.

Para o tenente-coronel Costa, comandante operacional do Corpo de Bombeiros, a parceria é fundamental para otimizar o serviço prestado à população piauiense. “A Águas de Teresina tem uma importância fundamental para o sucesso de nossas operações, com a manutenção constante das redes de hidrantes. Por isso nos reunimos para discutir novas estratégias, bem como viabilizar a instalação de mais hidrantes na capital, colocando o equipamento em regiões que consideramos primordiais. Sem dúvida alguma, a ação otimizará nossas operações para melhor atendermos a população”, destacou o comandante.

Leia Também:  Homem sobrevive ao cair de morro no interior do Piauí

Fonte: Ascom Águas de Teresina
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Blitz educativa chama a atenção para a responsabilidade no trânsito

Publicados

em


Na manhã desta quarta-feira (22), a Águas de Teresina realizou blitz educativa com o objetivo de trabalhar a conscientização para um trânsito mais seguro e humanizado com os condutores que trafegavam na avenida Professor Camilo Filho. A ação integra a programação da Semana Nacional de Trânsito e contou com a participação do Programa Vida no Trânsito (PVT), da Polícia Rodoviária Federal, Ciptran, Detran, Strans, Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual, Ciptran, Secretaria Estadual de Saúde e Samu.

“Cuidar de vidas é algo que está na natureza da Águas de Teresina. Segurança e percepção de risco são essenciais no cuidado com a vida, não só dos nossos colaboradores, como de todos da sociedade. Hoje, possuímos uma frota de mais de 200 veículos operacionais circulando pela capital, o que torna oportuno o desenvolvimento de atividades como essas com foco no comportamento atento e seguro de todos no trânsito”, destacou Fernando Lima, diretor-executivo da empresa.

A rota educativa consistiu na entrega de panfletos informativos, sacolinhas de lixo e orientações sobre as regras de trânsito e as medidas de segurança de motoristas e pedestres. Para a motociclista Railane Andrade, a iniciativa é bastante importante, uma vez que tem ocorrido muitos acidentes na capital, envolvendo principalmente condutores de moto. “Essa conscientização é essencial. Eu mesma fui vítima de acidente de trânsito, por conta da imprudência do outro, então é mais do que urgente, ações como esta”, detalhou.

Leia Também:  Tragédia com carros de luxo no Piauí; BMW travou velocímetro em 220 Km/h

A iniciativa contou também com palestra ministrada pela Polícia Rodoviária Federal aos colaboradores da empresa. O inspetor Segundo, durante sua palestra, chamou a atenção para ações que prejudicam a segurança nas vias. “O trânsito é uma atividade social em que todos têm a mesma responsabilidade, no cuidado com a vida do outro e em manter a atenção durante a condução de um veículo, evitando ações que podem prejudicar uma direção segura, como atender o celular, por exemplo”, comentou.

O colaborador Edmar, do setor de Manutenção da Águas de Teresina, reforçou que recebeu orientações preciosas para o desenvolvimento de bons hábitos no trânsito. “A palestra tirou muitas dúvidas e trouxe informações importantes para o nosso dia a dia, mostrando o que é necessário para colocar em prática atitudes preventivas e que evitem acidentes”, disse.

De acordo com dados divulgados, recentemente, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, de cada 10 vítimas de acidentes fatais, 8 são homens e, nos últimos 17 anos, o número de acidentes envolvendo motocicletas subiram de 8% para 33%.

Leia Também:  Parceria entre SSP e Seduc implanta sistema de monitoramento em escolas do Piauí
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA