AMARANTE

Esportes

Paralimpíada: José Carlos Chagas fatura 2º bronze brasileiro na bocha

Publicado em

Esportes


José Carlos Chagas conquistou a medalha de bronze na bocha na classe BC1 (quando os atletas podem contar com auxílio de ajudantes) da Paralimpíada de Tóquio (Japão), na noite desta terça-feira (31) no Centro de Ginástica de Ariake. A conquista veio com uma vitória de 8 a 2 sobre o português André Ramos. O brasileiro começou perdendo por 2 a 0, mas, quando começou a marcar, virou a partida.

Nos Jogos Paralímpicos de 2012 (Londres) Chagas ficou em quarto lugar. Além disso, garantiu um ouro no Parapan de 2015 (Toronto) e fez parte do time brasileiro que disputou os Jogos de 2016 (Rio de Janeiro).

Esta é a segunda medalha de bronze da bocha brasileira na noite desta terça. Mais cedo Maciel Santos garantiu a terceira posição na classe BC2 (na qual o atleta não conta com auxílio de ajudantes).

Leia Também:  Brasil tem dia de altos e baixos no Mundial de tênis para cadeirantes

Praticada por atletas com elevado grau de paralisia cerebral ou deficiências severas, a bocha paralímpica consiste em lançar bolas coloridas o mais perto possível de uma bola branca. Os atletas ficam sentados em cadeiras de rodas e limitados a um espaço demarcado para fazer os arremessos. É permitido usar as mãos, os pés e instrumentos de auxílio, e contar com ajudantes (calheiros), no caso dos atletas com maior comprometimento do movimento dos membros.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Covid-19: casos sobem em Pequim a nove dias da Olimpíada de Inverno

Publicados

em


Pequim registrou 14 casos locais confirmados de covid-19 nesta quarta-feira (26), a maior contagem diária em seu atual surto, menos de duas semanas antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno na capital chinesa e na província vizinha de Hebei.

Embora os números do surto em Pequim desde 15 de janeiro sejam menores do que em outras partes do mundo, a cidade ordenou lockdowns direcionados para dezenas de milhares de pessoas e testou alguns milhões de moradores para limitar a infecção.

As restrições, alinhadas com um esforço nacional para conter surtos do vírus o mais rápido possível, assumem uma urgência extra, já que a China prometeu sediar com segurança os Jogos de Inverno e evitar grandes surtos durante a temporada de viagens do Ano Novo Lunar.

A capital chinesa registrou um total de 55 casos locais sintomáticos desde 15 de janeiro, mostram os dados. As autoridades de Pequim culparam a variante Delta pela maioria dos casos no surto atual, com alguns atribuídos à Ômicron, que é altamente transmissível.

Leia Também:  Uefa abre processo disciplinar contra Real, Barcelona e Juventus

Pelo menos sete províncias, regiões e municípios da China registraram infecções pela Ômicron transmitidas localmente, enquanto o número total de casos é desconhecido.

* É proibida a reprodução deste conteúdo. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA