AMARANTE

ESPORTES

Olimpíada: equipe mista do Brasil é prata no Mundial de Revezamentos

Avatar

Publicado em

ESPORTES


O Brasil conquistou neste domingo (2) a medalha de prata na prova do revezamento 4×400 metros misto do Campeonato Mundial de Revezamentos, realizado no estádio da Silésia, na cidade de Chorzow (Polônia). Esta prova estreará no programa olímpico nos Jogos de Tóquio. O time brasileiro já estava qualificado para a Olimpíada, pois foi finalista no Mundial de Doha (2019).

Neste domingo, a equipe formada por Anderson Henriques, Tiffani Marinho, Geisa Coutinho e Alison Santos completou a prova em 3min17s54, atrás da primeira colocada Itália (3min16s60) e à frente da República Dominicana, que ficou com o bronze com o tempo de 3min17s58.

“Tínhamos o objetivo de brigar pela medalha. Conseguimos a prata, o que é um grande reconhecimento pelo trabalho de toda a equipe. Já estávamos garantidos em Tóquio e agora já temos vaga assegurada para o Campeonato Mundial do Oregon [2022]. Todos estão muito felizes e que bom dar um resultado para os atletas dos 400 metros”, declarou o treinador Evandro Lazari à Confederação Brasileira de Atletismo.

Leia Também:  LNF: Carlos Barbosa-RS e Corinthians decidem última vaga à semifinal

Desclassificação no 4×100 masculino

O Brasil também disputou neste domingo a final do revezamento 4×100 metros masculino, defendendo o título conquistado em 2019. Porém, a equipe brasileira, formada por Rodrigo Nascimento, Felipe Bardi, Derick e Paulo André Camilo de Oliveira foi desclassificada após completar a prova em segundo lugar. A eliminação veio porque Derick Souza pisou na linha da raia.

Outra desclassificação brasileira aconteceu no último sábado, quando a equipe do 4×100 metros feminino foi desqualificado após vencer a primeira série semifinal porque a atleta Ana Carolina de Azevedo teve um desequilíbrio e também pisou na linha da raia.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Surfe: Ítalo Ferreira chega às quartas de final em Margaret River

Avatar

Publicados

em


O mar de Main Break voltou a subir, o que permitiu o retorno das disputas da etapa de Margaret River (Austrália) do Circuito Mundial de Surfe. E quem avançou para as quartas de final da competição foi o atual campeão mundial Ítalo Ferreira, que superou (por 16,57 a 10,83) o também brasileiro Caio Ibelli na noite desta quarta-feira (5).

Na próxima fase, o potiguar medirá forças com outro membro da Brazilian Storm, Filipe Toledo, que bateu Jadson Andre por 11,83 a 9,47 nas oitavas de final.

Quem ficou pelo caminho foi Gabriel Medina, que cometeu muitos erros diante do havaiano Seth Moniz. O sexto brasileiro nas oitavas, Peterson Crisanto, foi superado pelo bicampeão mundial John John Florence, que triunfou por 13,50 a 8,97.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  LNF: Carlos Barbosa-RS e Corinthians decidem última vaga à semifinal
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA