Menu...

23 de setembro de 2018

Ministério da Justiça notifica TIM por indício de publicidade enganosa


Hospital de Olhos

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça afirma ter notificado a TIM para prestar esclarecimentos sobre a publicidade do serviço de acesso à Internet TIM Whatsapp Ilimitado.

Em nota, o órgão diz que foram pedidas informações sobre “divergências quanto à oferta e publicidade do serviço e as condições e limitações contratuais”. O objetivo é verificar os indícios de publicidade enganosa e se todos os direitos e garantias dos consumidores estão sendo respeitados.

De acordo com o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Senacon/MJ, Amaury Oliva, “é dever do fornecedor informar, esclarecer e orientar o consumidor sobre todas as condições do serviço ofertado. A oferta e a publicidade revelam o padrão ético das empresas. Não podemos admitir que elas se aproveitem da vulnerabilidade dos consumidores, criem falsas expectativas e enganem o consumidor”, afirmou, em nota.

A operadora terá prazo de até dez dias para prestar os esclarecimentos à secretaria. Se condenada, pode ser multada em valores que chegam a R$ 7 milhões.

A empresa foi procurada, mas ainda não pronunciou a respeito.

Fonte: G1

Denison Duarte – Amarante (PI)

Tags: ,

Comente aqui

commodo ut sit diam felis consequat. odio