Menu...

20 de setembro de 2019

Vereadores de Florianópolis são suspeitos de participar de fraudes


Hospital de Olhos

Mais da metade dos vereadores de Florianópolis foi indiciada por corrupção. Eles são suspeitos de participar de fraudes que podem ter movimentado R$ 30 milhões.

Em apenas um dos esquemas, os vereadores teriam recebido quase R$ 1 milhão. As investigações apontam que o empresário Adriano Nunes teria repassado esse valor ao vereador Marcos Aurélio Espíndola, conhecido como Badeko. Os dois estão presos.

O vereador seria responsável por dividir o dinheiro entre os envolvidos. Treze dos 23 parlamentares de Florianópolis são suspeitos de receber propinas de empresários em troca de mudanças ou aprovações de projetos de lei.

Segundo o delegado, uma lista apreendida no cofre do empresário comprova os pagamentos. “O que eu entendo e ficou comprovado é que quem operava o esquema ficou com uma quantia maior. Os valores variam de R$ 5 mil a R$ 100”, afirma Allan Dias.

Publicidade | Somos Notícia

A Polícia Federal investiga também um esquema de fraudes em licitações – uma delas na contratação da empresa responsável pelos radares de trânsito. Existe ainda a suspeita de desvio de dinheiro público em festas tradicionais na cidade. O valor movimentado nas fraudes pode chegar a R$ 30 milhões.

o presidente da Câmara vai pedir o afastamento dos vereadores de Florianópolis envolvidos se for confirmada a fraude

O delegado responsável pelo caso disse que vai sugerir ao Ministério Público o afastamento de todos os vereadores envolvidos. O atual presidente da Câmara de Vereadores de Florianópolis, Jerônimo Alves, garante que a população não vai ser prejudicada e que as próximas sessões estão mantidas. “Uma vez comprovada a culpabilidade, com certeza nós também estaremos pedindo a esses vereadores que se afastem”.

via: Bom Dia Brasil

Publicidade | Somos Notícia
Publicidade | Somos Notícia

Tags: , ,