Menu...

11 de dezembro de 2018

Collor diz que o processo de impeachment ajudou a consolidar a Constituição


Hospital de Olhos

Ex-presidente da República, o senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) disse nesta terça-feira (29) que o processo de impeachment que resultou em sua renúncia à Presidência da República em 1992 contribuiu para consolidar a Constituição Brasileira, aprovada quatro anos antes. Em sessão no Senado que comemorou os 25 anos da Constituição de 1988, Collor disse que preservou os princípios constitucionais mesmo sendo “alvo das mais insólitas campanhas”. “Posso afirmar, portanto, que o processo de impeachment a que fui submetido, com minha participação direta e isenta, serviu para consolidar a Constituição, então com apenas quatro anos de vigência”, afirmou. Collor seria uma dos homenageados na sessão, ao lado dos ex-presidentes José Sarney, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso. Assim como FHC, o senador não compareceu ao plenário da Casa para receber a homenagem. Chegou atrasado à sessão, quando não havia mais nenhum dos homenageados, e discursou para um plenário quase vazio.

Comente aqui

ut ut consectetur eleifend quis efficitur. lectus velit, eget suscipit