Menu...

19 de agosto de 2018

Professora é morta com 26 facadas no litoral; marido está foragido


Hospital de Olhos

Uma professora que foi assassinada na localidade Lameiro, na zona rural de Luís Correia, identificada como Selene Veras Roque, teria sido morta com pelo menos 26 perfurações de faca no último domingo, dia 3. A informação foi repassada à Rede Meio Norte pela perita do Instituto de Criminalística, Marcela Sampaio.

A polícia aponta como principal suspeito do crime o marido da vítima, que foi identificado como Raimundo Neto Pereira, de apenas 32 anos. Ele está foragido, mas o facão usado para matar a professora foi apreendido.

“O corpo da vítima apresentava 26 perfurações distribuídas nas costas, membros superiores, inclusive lesões de defesa, na cabeça, no tórax, abdômen e na face também”, disse a perita ao confirmar que houve também lesões “nas mãos, nos punhos”.

Ainda, segundo informações de Marcela Sampaio, a vítima foi atingida com um golpe profundo no pescoço. “No local também foi constatado a arma do crime, que no caso é um facão. As lesões vão ser melhor descritas no laudo do médico legista. Houve uma lesão bastante profunda na região do pescoço, abaixo do queixo”, acrescentou.

As diligências ainda seguem com o objetivo de capturar o suspeito do crime, que, segundo informações, segue escondido em uma mata na região do Brejinho, onde fica a localidade Lameiro.

Comente aqui

elementum libero neque. mi, eget Praesent