Menu...

20 de abril de 2019

Polícia identifica segundo corpo encontrado amarrado na Santa Maria da Codipi


Hospital de Olhos

O segundo corpo que foi encontrado amarrado no matagal da Santa Maria da Codipi, em Teresina, já foi identificado pela Polícia Civil. Trata-se de Édio Ferreira de Sousa, de 39 anos, que era conhecido como ‘Zagueiro’.

O reconhecimento da vítima foi feito pela própria família, que já estava à sua procura desde que soube pela imprensa que dois corpos haviam sido encontrados.

A identificação, segundo o delegado Robert Lavor – do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foi feito por meio de exame das impressões digitais da vítima.

“O Édio estava desaparecido, mas como era usuário de drogas, às vezes passava dias fora de casa. A família chegou a procurá-lo, mas não registrou o desaparecimento formalmente, esperavam que ele retornasse”, relatou o delegado Robert.

O corpo de Édio Ferreira foi encontrado no mesmo local que o de Alison Cleiton Marcs da Silva, de 24 anos, no início de abril.

O delegado informou ainda que os dois têm perfis semelhantes: ambos usuários de droga e suspeitos por pequenos delitos como furto, ameaça e violência doméstica, e eram moradores do Parque Wall Ferraz, na região da Santa Maria da Codipi.

Os dois, informou a Polícia Civil, foram mortos com disparos de arma de fogo na cabeça. Peritos acreditam que a morte dos dois teria ocorrido uma semana antes. “Agora estamos investigando até que ponto um tem ligação com o outro”, disse ao G1/PI o delegado.

Além dos dois corpos, outra ossada humana foi encontrada na mesma região. O delegado informou que os restos mortais são investigados em um inquérito diferente, considerando que estavam no local a mais tempo que os dois corpos.


Tags: