Press "Enter" to skip to content

Polícia Federal deflagra operação no Piauí para apurar suspeitas de fraudes na compra de testes de Covid-19

Uma operação foi deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (02) com o objetivo de investigar supostos crimes superfaturamento de testes da Covid-19 no Piauí.

Estão sendo cumpridos 17 mandados de buscas e apreensões em Teresina, Uruçuí, Picos e Bom jesus. Os municípios são os alvos desta etapa da operação no Piauí.

Foram realizadas nas primeiras horas da manhã de hoje buscas em uma empresa na região central de Teresina, que faz distribuição de suprimeiros hospitalares. Em Picos as buscas estão sendo feitas na sede da prefeitura e também da Secretaria Municipal de Saúde.

A PF informou que há uso de documentos falsos por parte de agentes públicos e também de empresários para fazer licitação instaurada pela prefeitura de Picos na compra de testes de Covid-19. Os contratos, segundo informações, foram direcionados a um dos membros do grupo, que é responsável pela venda de exames com preços superfaturados.

Testes que geralmente são encontrados pelo preço de R$ 120,00 e R$ 150,00 estavam sendo adquiridos pela prefeitura com valor entre R$ 170,00 e R$ 210,00, com subrepreço que chega até 40%. Os indícios são de esquema criminoso em outros 28 municípios do Piauí.

Os crimes são de associação criminosa, dispensa indevida de licitação e desvio de recursos públicos. As penas somadas podem alcançar 20 anos de prisão.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *