PF transfere preso da Cadeia Pública de Boa Vista para Presídio Federal, em cumprimento à decisão do STF

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Boa Vista – Na sexta-feira (18/12), a Polícia Federal cumpriu decisão do Supremo Tribunal Federal, que determina a transferência do reeducando ROBERTO ANTÔNIO ESPEJO CAMACHO da Cadeia Pública de Boa Vista para um Presídio Federal.

A transferência do reeducando se tornou necessária tanto a bem do interesse da segurança pública quanto ainda da proteção do próprio acusado, cabendo ao juiz competente, na forma do art. 86, § 3º da Lei nº 7.210, de 11 de julho de 1984, até mesmo a requerimento da autoridade administrativa, definir o estabelecimento prisional consentâneo para abrigar o preso provisório ou condenado definitivamente, em atenção às exigências da garantia da ordem pública, da segurança e da proteção das pessoas custodiadas.

Sabe-se ainda que o reeducando é um dos principais contrabandistas de ouro da Venezuela para o Brasil e a organização criminosa da qual faz parte denota alto poder econômico. Sabe-se ainda que chegou ao Brasil em aeronave particular fretada. Assim, há o risco de que ele deixe o país a qualquer momento, caso tenha a oportunidade, uma vez que não teria dificuldade em encontrar outro país para tentar recomeçar os negócios.

Além disso tudo, existem duas difusões vermelhas de captura emitidas em face do preso, para fins de extradição, uma do Governo da República Dominicana, para responder por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro e outra do Governo da Venezuela, acusado de extrair material estratégico (ouro) de minas no estado Bolívar-Venezuela para levar o metal através da fronteira com Roraima – Brasil.

Histórico: ROBERTO ANTÔNIO ESPEJO CAMACHO foi preso em razão da Operação Hesperides, deflagrada pela Polícia Federal em Roraima no dia 6/12/2019, que investigou um grupo de empresários e servidores públicos suspeitos de envolvimento em um esquema de contrabando de ouro. A quadrilha teria movimentado R$ 230 milhões no contrabando de 1,2 tonelada de ouro da Venezuela e de garimpos ilegais em Roraima nos últimos três anos.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima

Contato: (95) 3621-1522
E-mail: cs.srrr@dpf.gov.br

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist