PF investiga organização criminosa especializada em fraudes contra a Caixa Econômica Federal

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Rio de Janeiro/RJ – Nesta segunda-feira, 23/11, a Polícia Federal deflagrou a Operação Pestilência, que visa desarticular organização criminosa especializada em fraudes contra a Caixa Econômica Federal.

Foram expedidos pela 5ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro um mandado de prisão temporária (Recreio dos Bandeirantes) e dois mandados de busca e apreensão (Campo Grande/RJ e Itaboraí/RJ), estes já cumpridos. O mandado de prisão permanece em aberto, em razão de o alvo não ter sido encontrado.

Durante as buscas, os policiais federais apreenderam celulares, notebooks e diversos documentos que serão analisados e periciados na continuidade das investigações.

A investigação aponta que o grupo criminoso, que conta com a participação direta de pelo menos dois funcionários da CEF e se utiliza de uma rede de falsificadores e sacadores para levantamento indevido de valores do FGTS, de Cota PIS (Programa de Integração Social) e de empréstimos consignados junto ao INSS com uso de documentos falsos, é responsável por um prejuízo inicial superior a R$ 200 mil.

Os investigados irão responder pelos crimes de estelionato qualificado, organização criminosa, peculato, crimes contra o sistema financeiro e lavagem de capitais.

O nome da operação faz referência à atividade de perfumaria da empresa criada e utilizada pela organização criminosa para a lavagem dos valores desviados.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

cs.srrj@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist