Menu...

20 de setembro de 2019

TV Clube

Operação prende no Piauí acusados de envolvimento em mais de 50 mortes no Amazonas


Hospital de Olhos

A Operação Guará, deflagrada nesta sexta-feira (26), prendeu sete pessoas em Teresina. Com eles foram apreendidos drogas, dinheiro e armamento pesado.

Eles são acusados de participação em 50 mortes no sistema prisional do Estado do Amazonas. A Operação foi deflagrada nos estados do Piauí, Amazonas, Ceará, Maranhão e Santa Catarina.

Participaram da operação o Greco, a Depre e o DOE. No Piauí, foram cumpridos mandados nos bairros Lourival Parente, Alto Alegre e Monte Castelo, resultando na prisão de sete acusados.

Com eles foram encontrados joias, cartões de crédito, munições, armas, além de substâncias que serviriam para fabricação de entorpecentes.

“Observamos que há uma espécie de rota que tem destino a Fortaleza e outros países. Destacamos a droga utilizada por eles é muito potente do que a maconha comum”, afirmou o secretário de Estado da Segurança, Fábio Abreu.

Publicidade | Somos Notícia

Além da quantidade de dinheiro apreendido na operação, o que chamou a atenção da polícia foi a quantidade de armas como submetralhadoras. De acordo com Secretaria de Segurança Pública (SSP), a operação deve continuar e novas prisões devem acontecer.

Os presos são acusados de integrar parte uma facção criminosa no Estado do Amazonas e participação da morte de um dos maiores líderes do tráfico de drogas de um grupo rival no estado. A divulgação de um vídeo de tortura e morte teria resultado na execução de 56 detentos no sistema prisional do Amazonas.

De acordo com o delegado geral Lucy Keiko, alguns integrantes são do Piauí. “Esses grupos criminosos vão tentando se ramificar nos diversos estados da federação. Alguns integrantes eram do Piauí, e não existe uma motivação específica para isso.”

De acordo com o Greco, parte dos presos foi encaminhada para a Central de Flagrantes e a outra parte para Manaus.

Publicidade | Somos Notícia
Publicidade | Somos Notícia

Tags: