Menu...

19 de novembro de 2018

Grávida de 6 meses, menina pode ter sido estuprada pelo padrasto no Piauí


Hospital de Olhos

Uma menina de 13 anos, que pode estar grávida do ex-companheiro de sua mãe, foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Gênero, em Teresina.

Na companhia da mãe, ela foi acolhida na casa de parentes. O Ministério Público teve encaminhado um pedido de prisão para o padrasto.

O caso, segundo o conselheiro tutelar Djan Moreira, chegou ao conhecimento da polícia na última sexta-feira, dia 2. A menor foi encaminhada à Central de Flagrantes de Gênero por uma enfermeira que teria constatado a gravidez de seis meses.

Ao descobrir a gravidez, mãe e filha deixaram a casa onde moravam com o padrasto, passando a morar com parentes. Elas teriam sido ouvidas pela polícia nesta terça-feira (6). A Polícia Civil aguarda que a justiça solicite a prisão do suspeito.

“Infelizmente não foi uma situação de flagrante. Vamos estar informando ao Ministério Público para que peça agilidade na prisão do suspeito”, disse ao G1/PI o conselheiro Djan Moreira.

O suspeito tem cerca de 40 anos, segundo informou Djan. “Desde o acontecido, ele fica ligando para a mãe dela, insistindo que não fez essa barbaridade”, contou Djan.

O conselheiro disse ainda que o bebê será encaminhado para adoção. “Por estar com seis meses não temos mais tempo para fazer a interrupção da gravidez. Ela vai fazer essa opção de estar encaminhado a criança para adoção”, explicou.

Tags:

Comente aqui

mattis quis, venenatis, vel, ut porta. libero leo facilisis adipiscing dolor