Menu...

19 de agosto de 2018

Marido de professora morta com 26 facadas em Luís Correia promete se entregar


Hospital de Olhos

Depois de ser considerado foragido pouco depois da morte da professora Selene Veras Roque, na zona rural de Luís Correia no último domingo (3), o marido da vítima teria dito que vai se entregar nas próximas horas. A informação foi repassada ao O Dia pelo major Danilo Palhano – comandante da Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTur).

Selene Veras Roque era professora e foi morta com 26 facadas, sendo o marido apontado como o principal suspeito. Segundo informações, ele teria recebido ajuda para empreender fuga da residência onde moravam, na comunidade Lameiro, que foi o local do crime.

A ajuda teria vindo do cunhado e de um amigo do suspeito. Ambos foram encaminhados para a Delegacia, mas foram liberados após prestarem depoimento e se comprometerem a ajudarem nas investigações.

Apesar de terem sido liberados para ajudarem nas investigações, os dois vão responder pelo crime de favorecimento pessoal, que é previsto no artigo 348 do Código Penal, cuja pena é de um a seis meses de prisão e multa.

O casal tinha uma filha, que não estava em casa no momento do crime.

Tags:

Comente aqui

Donec tempus in id leo. elit.