Press "Enter" to skip to content

Lojista passa mal após ser detido pela Polícia Militar em Teresina por descumprir decreto

Last updated on 21 de abril de 2020

A Polícia Militar prendeu na manhã desta segunda-feira (20) um lojista, que passou mal ao ser detido. O caso aconteceu no Parque Piauí, zona Sul de Teresina. Um vídeo foi gravado por moradores e comerciantes, que chegaram a gritar com os policiais.

A prisão aconteceu durante a fiscalização da polícia em cumprimento aos decretos municipal e estadual, que estabelecem o fechamento de comércios e serviços considerados essenciais. A medida visa conter a disseminação no coronavírus em Teresina.

Os policiais entraram na loja para o fechamento do estabelecimento. Houve uma discussão entre o lojista e os policiais. Segundo o G1, o lojista teria se negado a assinar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

O lojista foi encaminhado para a Central de Flagrantes.Ao ser encaminhado para o carro após imobilizado, o lojista passou mal.

Ele foi algemado no chão e continuou passando mal. Populares ficaram revoltados pediram que as algemas fossem tiradas e chegaram a supor que o homem estaria sofrendo uma crise epiléptica.

A Polícia Militar emitiu uma nota sobre o caso. As imagens do ocorrido foram encaminhadas para a Corregedoria da Polícia Militar do Piauí, que deve analisar o ocorrido e tomar as devidas providências.

A Secretaria de Estado da Segurança prometeu também que vai analisar as imagens da ocorrência e destacou que não comunga com nenhum tipo de arbitrariedade e muito menos com truculência contra cidadão.

Nota Polícia Militar

A Polícia Militar do Piauí informa que continua dando apoio ao cumprimento dos decretos governamentais que determinam o fechamento dos estabelecimentos comerciais não essenciais visando o controle da Pandemia do Covid 19, e que hoje (20) pela manhã, na Zona Sul de Teresina, no Bairro Parque Piauí, o proprietário de um estabelecimento comercial negou-se a apresentar os documentos de identificação para a lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), no local do fato, por descumprimento de medida sanitária, onde foi feita a condução do mesmo a Central de Flagrantes por desobediência e desacato.

Informa ainda, que as imagens do ocorrido no bairro Parque Piauí, Zona Sul de Teresina, foram encaminhadas para a corregedoria da PMPI, que irá analisa-las e adotará as providências legais que o caso requer.

Teresina, 20 de abril de 2020.

ELZA Rodrigues Ferreira Ten Cel PM – Diretora de Comunicação Social da PMPI

Nota Secretaria de Segurança

A Secretaria de Estado da Segurança Pública informa que não comunga com nenhum tipo de arbitrariedade e muito menos com truculência contra cidadão. Assim também, não compactua com o desrespeito dos cidadãos com as autoridades policiais. Diante dos fatos, a Secretaria de Segurança averiguará todos os vídeos sobre o caso ocorrido na manhã segunda-feira (20), no bairro Parque Piauí, zona Sul de Teresina.

A orientação por parte da secretaria é que os policiais cumpram as leis, mas sempre com urbanidade, ainda mais nessa crise do coronavírus. Reforçamos que o nosso inimigo neste momento é o vírus e os que vivem na prática da ilegalidade, por isso, reiteramos que o nosso objetivo é garantir a proteção, segurança e a paz social.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *