‘Jornalista já foi preso em 2005 pelo mesmo delito’, diz delegado do Greco sobre Arimateia Azevedo

   O jornalista Arimateia Azevedo foi preso na manhã desta sexta-feira (12) sob acusação de crime de extorsão. Com ele, um professor universitário suspeito de participação no crime também foi preso. A ação foi comandada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). De acordo com informações, a acusação sobre o jornalista é de extorsão qualificada […]
prisão do jornalista arimateia azevedo notícias do piauí
sexta-feira, jun 12
  •  
  •  
  •  

O jornalista Arimateia Azevedo foi preso na manhã desta sexta-feira (12) sob acusação de crime de extorsão. Com ele, um professor universitário suspeito de participação no crime também foi preso. A ação foi comandada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).

De acordo com informações, a acusação sobre o jornalista é de extorsão qualificada contra um profissional liberal de Teresina. Além dos mandados de prisão, foram cumpridos também de busca e apreensão nas residências dos investigados, como também na sede do site de notícias do jornalista.

O delegado Laércio Evangelista disse que o profissional liberal estava sendo prejudicado com matérias do jornalista, que havia cobrado R$ 20 mil para que o portal de notícias não divulgasse mais matérias sobre ele.

“O jornalista já havia sido preso em 2005, usando essa mesma prática delitiva de extorsão. Ele já responde a diversos outros inquéritos criminais, por calúnia, difamação, ameaça e mesmo extorsão”, disse o delegado Laércio em vídeo divulgado pela Polícia Civil.

O caso ganhou ampla repercussão em redes sociais. A deputada federal, Margarete Coelho (Progressistas), publicou hoje cedo em seu perfil uma nota enfatizando o relevante papel do Jornalismo no estado democrático de direito.”O jornalismo tem relevante papel no estado democrático de direito. A informação é um direito da cidadania. Transformar desinformação em mercadoria, mediante métodos que o direito reprova, deve ser apurado pelas instituições democráticas. Extorsão é crime. E merece resposta.”

O senador Ciro Nogueira (Progressistas) também falou sobre o assunto. “O mau jornalismo não é jornalismo, é mais crime e desserviço contra a comunidade e contra o próprio jornalismo. O que hoje aconteceu em Teresina mostra bem isso. Também demonstra que não podem durar para sempre ações que conspurcam a honra das pessoas. Outra coisa: há sempre uma resposta da Justiça para quem desinforma e deforma a informação.”

O portal de notícias de propriedade do jornalista não se manifestou ainda sobre o ocorrido.

Cadastre-se e receba nosso conteúdo

O autor

Denison Duarte

Jornalista formado pela faculdade Estácio Ceut, em Teresina. Lançou em junho de 2013 o site Somos Notícia, em Amarante. Ainda no mesmo ano, foi contratado pelo Sistema Meio Norte de Comunicação como jornalista de Redação. Em 2008 iniciou atividades jornalísticas no mesmo sistema, representando o município de Amarante-PI durante 5 anos e 10 meses. Acesse nosso grupo no Telegram: Somos Notícia, Amarante Piauí E-mail: [email protected]

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados